Conteúdo

Informações em tempo real sobre os serviços relacionados às chuvas

20 de março de 2020
16h 49

Sem ocorrências

Sábado (21), às 9h56

A Defesa Civil de Santos informa que choveu, nas últimas 72 horas, 64,8 milímetros. Até agora, o mês de março registra acumulado de 435,8 milímetros, acima da média histórica para o mês, que é de 293 milímetros. Os morros seguem em estado de alerta para deslizamentos. Não há registro de ocorrências graves.


Sem ocorrências

Sexta-feira (20), às 16h48

Conforme a Defesa Civil, choveu nas últimas 72 horas 52,4 mm. Os morros seguem em estado de alerta para deslizamentos. Não há registro de ocorrências, mas o órgão reforça que a população fique atenta aos sinais de perigo:

No solo: trincas no terreno, degraus de abatimento ou rachaduras
Em casa: trincas novas no piso ou nas paredes, ou muros estufados
Inclinação de árvores, postes ou muros
Valas e surgências d'água com coloração mais barrenta que o normal
Estalos ou aumento das trincas em blocos ou paredões rochosos

Em caso de emergência, a população pode acionar a Defesa Civil pelos telefones 199 ou 3208-1000.


Obras emergenciais

Sexta-feira (20), às 14h01

Com seis frentes de trabalho no Morro São Bento, começaram nesta sexta-feira (20/3) as obras emergenciais nos morros para resolver problemas decorrentes das fortes chuvas que atingiram a Cidade a partir de 2 de março


Remoção

Sexta-feira (20), 12h24

Segundo a Defesa Civil de Santos, até às 19h desta quinta-feira (19), 346 famílias já foram removidas de moradias dos morros da Cidade por conta das ocorrências registradas no início do mês. Atualmente, são 72 famílias acolhidas nos alojamentos e abrigos da Cidade. E o total das que são atendidas pelas unidades dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) é de 872.


Previsão de chuva para sexta-feira

Quinta-feira (19), 11h31

A Defesa Civil de Santos mantém o aviso de previsão de chuva de moderada a forte para esta sexta-feira (20), em função da chegada de uma frente fria vinda do Sul do País e que já mudou o tempo na Baixada Santista.

Outono

Quarta-feira (18), 13h23

O verão termina oficialmente às 0h50 desta sexta-feira (20), mas as chuvas tendem a continuar no outono. Desde fevereiro, Santos registra, mensalmente, volumes de chuvas mais altos que a média dos últimos 25 anos. Para abril e maio, a situação deve se manter, incluindo também outra característica de 2020: chuvas volumosas concentradas em dias específicos ao invés de precipitações curtas ao longo de todo o mês.


Alerta

Terça-feira (17), 7h

A Defesa Civil informa que choveu nas últimas 72 horas, 28mm. Os morros estão em estado de alerta para deslizamentos. 


Recursos

Segunda-feira (16), 18h28

O município de Santos oficializou, neste domingo (15), os pedidos de auxílio financeiro aos governos estadual (R$ 14.882.963,18) e federal (R$ 43.449.359,22) para a realização de obras emergenciais nos morros São Bento, Santa Maria, Cachoeira, Fontana, Pacheco, Marapé, Penha, Jabaquara e em equipamentos públicos afetados pelas chuvas.


Sexta-feira 13/03

Interdições continuam

Sexta-feira (13), 18h03

Técnicos da Defesa Civil, acompanhados por representantes da Cohab e da Guarda Civil Municipal continuam a oficializar as interdições de moradias nos morros de Santos, com aplicação de adesivo e demarcação com tinta spray - são pelo menos 255 casas nessa condição em toda a cidade.

Quarta-feira 11/03

Exército atende

Quarta-feira (11), 19h14

Atendendo a um pedido da Prefeitura ao governo federal, o Exército Brasileiro está, desde a manhã desta quarta-feira (11), atuando em Santos na limpeza e desobstrução de terrenos afetados por deslizamentos na semana passada. Os trabalhos, que devem durar ao menos 30 dias, foram iniciados pelo Monte Serrat, com a remoção de pedras e entulhos que poderiam atingir as casas abaixo.


Tira dúvidas

Quarta-feira (11), 18h05

Perguntas e respostas sobre o atendimento às famílias de áreas de risco vítimas das chuvas do início de março. 


Visita de autoridade

Quarta-feira (11), 16h

Representantes do município de Santos se reuniram na manhã desta quarta-feira (11) com Gunter Assis Moraes, analista de infraestrutura da Secretaria Nacional de Defesa Civil, ligada ao Ministério do Desenvolvimento Regional.

Na sequência, o representante do governo federal visitou as áreas mais afetadas pelas chuvas que acometeram a cidade na noite do dia 2 de março e fez registro fotográfico. O objetivo da visita é colocar recursos financeiros federais à disposição, a partir da solicitação do município.

 

Reforço de limpeza

Quarta-feira (11), 13h10

Um grupo de 50 soldados do 2º Batalhão de Infantaria Leve do Exército Brasileiro, localizado em São Vicente, iniciou, nesta quarta-feira (11), um incremento na limpeza de  regiões dos morros atingidas por deslizamentos durante o temporal do último dia 2.  As ações de limpeza, remoção de vegetais e pedras se somam ao trabalho que vem sendo realizado pela Administração Municipal e devem durar cerca de 30 dias. O trabalho começou por volta das 9h, no Monte Serrat. O grupo se dividiu em duas equipes, sendo uma destinada à região da Rua Tiro Naval e outra à parte mais alta do morro, onde uma tenda foi providenciada pelos soldados para servir como base de operações durante o período de trabalho.


Exército

Quarta-feira (11), 9h56

Em atendimento a um ofício encaminhado pela Prefeitura de Santos, o Exército Brasileiro contribuirá com as ações de limpeza nos morros atingidos pelo temporal da semana passada. O apoio terá início na manhã desta quarta-feira (11), no Monte Serrat. Um total de 50 soldados do 2º Batalhão de Infantaria Leve do Exército, localizado em São Vicente, ajudarão na remoção de vegetais caídos, pedras e solo solto – um trabalho já realizado por cerca de 230 funcionários da Prefeitura, desde a última terça-feira (3) nos morros onde ocorreram deslizamentos.

 


Terça-feira 10/03

Interdição

Terça-feira (10), 18h25

A Prefeitura concluiu, nesta terça-feira (10), a interdição das nove casas mais afetadas pelas chuvas da semana passada no Morro do Pacheco.  Paralelamente, outros morros da Cidade também estão recebendo a ação, conduzida pela Defesa Civil, Guarda Civil Municipal e pela Companhia de Habitação da Baixada Santista (Cohab Santista). Nesta semana, as visitas continuarão no Saboó e no Morro da Caneleira. As primeiras vistorias ocorreram na Rua Santa Marta (Morrro São Bento), com cerca de 35 casas interditadas.


Segunda 09/03

Doações

Segunda-feira (9), 15h37

O Fundo Social de Solidariedade (FSS) continua aceitando doações para as vítimas do temporal que atingiu a região no início da semana passada. No momento, os itens mais solicitados são sacos plásticos, alimentos em geral, roupas de cama, produtos de higiene pessoal e de limpeza. Não há necessidade de roupas. As entregas devem ser feitas na Avenida Conselheiro Nébias, 388 Encruzilhada, das 8h às 18h. O telefone para informações é 3222-8050.


Domingo 08/03

Riscos

Domingo (8), 15h30

A Defesa Civil de Santos orienta que as famílias desabrigadas e desalojadas ainda não retornem para suas casas, localizadas em áreas de risco nos morros. Grande parte deixou o seu lar após ação preventiva da Defesa Civil, que as orientou a permanecer alguns dias fora até que houvesse condições favoráveis para o retorno. O coordenador da Defesa Civil de Santos, Daniel Onias, explicou que os locais não apresentam segurança, com riscos de deslizamentos. "Neste momento, o retorno para as casas não é seguro". A orientação é que as pessoas aguardem avaliação de riscos por geólogos da Defesa Civil e engenheiros da Secretaria de Infraestrutura e Edificações (Siedi). São os técnicos que darão o aval ou não para o retorno das famílias.

 


Sábado 07/03

Sepultamentos

Sábado (7), 17h20

Os sepultamentos das últimas vítimas dos deslizamentos, cujos corpos foram retirados de área afetada no Morro São Bento, serão realizados no início da noite deste sábado (7), entre 18h e 18h30. Não haverá velório, por conta do estado avançado de decomposição dos corpos. Steve de Araújo Silva, 37 anos, vai ser sepultado no Cemitério da Areia Branca. Já Iracema Silva de Sá, 32 anos, Diego Stanley Silva Abrão, 8 anos, e Luiz Henrique Silva Abrão, 14 anos, (mãe e dois filhos) serão sepultados no Cemitério do Saboó; e a Lara Silva Valente Coelho, 4 anos, no Paquetá.


Luto oficial

Sábado (7), 15h30

O prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa, decretou luto oficial no Município, de três dias, pelas mortes de oito moradores vítimas de deslizamentos de terra causados pela forte chuva, no início desta semana. 

 


Cemitérios

Sábado (7), 13h15

Os quatro corpos foram retirados da área soterrada no Morro São Bento no final da manhã deste sábado (7). Todos os três cemitérios municipais estão disponíveis para sepultamentos das vítimas, inclusive após às 17h, com prioridade total para atender os familiares.

 


8 vítimas

Sábado (7), 11h55

A Prefeitura de Santos informa, com pesar, a morte de quatro pessoas no Morro São Bento. Elas eram as últimas vítimas consideradas desaparecidas nos desmoronamentos causados pela forte chuva que atingiu a região. Os corpos foram retirados da área soterrada, no final da manhã deste sábado (7). Os bombeiros procuravam cinco pessoas no Morro São Bento. A primeira foi localizada no final da noite de quinta-feira (5). Entre terça (3) e quarta (4), os soldados localizaram duas pessoas no Morro do Tetéu, e uma pessoa no Morro do Pacheco. O Município registrou oito óbitos provocados por deslizamentos.


Sexta Feira 06/03

Recursos

Sexta-feira (6), 23h31

Santos receberá R$ 15 milhões para obras emergenciais em locais atingidos pelas fortes chuvas dos últimos dias.O valor foi estabelecido durante encontro entre o prefeito Paulo Alexandre Barbosa, e o vice-governador do Estado, Rodrigo Garcia, no início da noite desta sexta (6), na Capital. O valor faz parte de um rateio de R$ 50 milhões entre os municípios com mais vítimas e prejuízos com deslizamentos. 


Saúde

Sexta-feira (6), 17h23

Segundo a Santa Casa de Santos, por meio de sua assessoria de comunicação, a criança de 7 anos, vítima das chuvas, que estava na UTI pediátrica apresentou melhora do quadro clínico e foi transferida para a enfermaria, mas ainda sem previsão de alta.


APOIO PSICOSSOCIAL

Sexta-feira (6), 16h38

Desde quarta-feira (4), uma equipe com quatro a oito profissionais de saúde atua no apoio psicossocial das pessoas atingidas pelas chuvas na região dos morros. O grupo é formado por servidores da rede municipal de Saúde Mental (psicólogos, terapeutas ocupacionais, acompanhantes terapêuticos, assistentes sociais, enfermeiros e técnicos de enfermagem) e voluntários do CVV (Centro de Valorização da Vida).  O trabalho é realizado dentro da escola Terezinha Calçada Bastos, no Morro São Bento, e continuará no final de semana. Somente na manhã desta sexta (6), foram atendidas três crianças e dois adolescentes com episódios relacionados aos deslizamentos e desabrigamento.

Equipe de apoio psicossial na escola Therezinha Calçada Bastos

 


Limpeza

Sexta-feira (6), 15h02

190 funcionários trabalham nos morros removendo lama e vegetação. Vias que recebem os serviços: Avenida Nossa Senhora do Monte Serrat, Travessa São Caetano, ruas São Roque e Santa Marta (São Bento), Rua 8 (Pacheco), ruas 8 e 13 (Santa Maria), Rua Tiro Naval (Vila Nova), Rua Quinze (Morro Nova Cintra), Ilhéu Baixo, Avenida Nossa Senhora de Fátima (Chico de Paula).


293 toneladas

Sexta-feira (6), 13h53

Até o momento, equipes da Prefeitura já retiraram 293,13 toneladas de resíduos de deslizamentos, entre entulho, terra e vegetações, das áreas atingidas nos morros.

 

Funcionários da Secretaria de Serviços Públicos removem entulho, terra e vegetação


185 abrigados pela Prefeitura

Sexta-feira (6), 11h

Até o momento, há 804 pessoas (274 famílias) desalojadas pelas chuvas em Santos, sendo que 185 aceitaram acolhimento nos abrigos municipais.


Reunião com o governo do Estado

Sexta-feira (6), 10h35

O prefeito de Santos e presidente do Conselho de Desenvolvimento da Baixa Santista (Condesb), Paulo Alexandre Barbosa, vai à Capital nesta sexta-feira (6) para discutir com o governo do Estado novas medidas em relação a vítimas e efeitos das chuvas dos últimos dias na Baixada Santista. Na quinta-feira, o governador anunciou a liberação de R$ 50 milhões à região, após ofício do prefeito de Santos. 


4 óbitos confirmados

Sexta-feira (6), 0h30

A Prefeitura de Santos informa, com profundo pesar, o quarto óbito registrado na Cidade em decorrência da forte chuva que atingiu a região no início da semana. Segundo os Bombeiros, o corpo de uma pessoa  foi localizado, no final da noite desta quinta-feira (5), no Morro São Bento. A vítima era uma das cinco desaparecidas no local. A corporação continua as buscas por mais quatro pessoas, na mesma área afetada por deslizamento de terra.

As outras vítimas fatais foram: um idoso no Morro do Pacheco, e, no Morro do Tetéu, uma mulher e um homem.


Quinta-Feira 05/03

Assistência 

Quinta-feira (5), 17h10

Total de 621 pessoas já foram atendidas pelos Centros de Referência da Assistência Social (Cras), das quais 181 estão abrigadas nos serviços de acolhimento da Secretaria de Desenvolvimento Social (Seds).


R$ 50 milhões para emergências 

Quinta-feira (5), 16h15

O governo do Estado anunciou a liberação de R$ 50 milhões, para intervenções emergenciais em áreas afetadas pelas chuvas, incluindo construções de muros de arrimo e outras medidas para contenção de encostas.

Solicitado pelo prefeito Paulo Alexandre Barbosa, que preside o Condesb, o recurso foi anunciado pelo governador João Doria Júnior, durante coletiva à imprensa realizada em Guarujá, e será distribuído entre os municípios afetados na região, de forma proporcional aos danos ocorridos.


Trânsito

Quinta-feira (5), 15h30

Continuam bloqueadas vias do Morro São Bento. A principal interdição ocorre na Rua Santo Antonio do Valongo, junto à Rua São Marcos e a Avenida Assunção de Nossa Senhora. Também está fechada a Rua São Roque, entre as ruas São Sérgio e Nossa Senhora dos Anjos. Agentes da CET-Santos operam nos locais. Segue interditado também o acesso ao morro pela Rua Rubião Junior (proximidades da Avenida São Francisco). Devido aos bloqueios, as linhas de transporte coletivo municipal seguem rodando de forma parcial no São Bento.


202 toneladas

Quinta-feira (5), 14h23 

Até o momento, equipes da Prefeitura já retiraram 202,82 toneladas de resíduos de deslizamentos, entre entulho, terra e vegetações, das áreas atingidas nos morros.


Escolas

Quinta-feira (5), 14h01

As unidades Therezinha de Jesus Siqueira Pimentel e Magali Alonso, ambas no morro São Bento, estão funcionando com poucos alunos, pela dificuldade de acesso. Já na Terezinha Maria Calçada Bastos, também no São Bento, não há aulas por estar funcionado como abrigo para vítimas das chuvas. As outras escolas mantêm atividades regulares.


Previsão

Quinta-feira (5), 13h23
A previsão meteorológica aponta 60% de probabilidade de chuva de intensidade fraca nesta quinta-feira (5). As principais áreas de instabilidade já se encontram afastadas da região, proporcionando tempo mais firme. Poderá haver aumento de nebulosidade a partir da tarde e ocorrência de chuva rápida, sem volume expressivo e sem persistência. O acumulado de chuva das últimas 72 horas totaliza 265,2mm.


Limpeza

Quinta-feira (5), 12h38

Nessa quinta-feira (5), 162 funcionários trabalham nos morros, removendo lama e vegetação. Vias que recebem os serviços: Avenida Nossa Senhora do Monte Serrat e Travessa São Caetano (São Bento), Rua 8 (Pacheco), ruas 8 e 13, e Caminho Particular (Santa Maria) e Caminho das Pedras (Tetéu).


181 abrigados pela Prefeitura

Quinta-feira (5), 11h50

Há, neste momento, 181 pessoas nos alojamentos oferecidos pela Prefeitura.

O Município oferece alojamento em cinco equipamentos: Seabrigo AIF, Seacolhe AIF, Alberque Noturno, Casa das Anas e, excepcionalmente, na Vila Criativa da Vila Progresso.


Criança recebe alta

Quinta-feira (5), 10h40

A criança de 2 anos que estava internada na Santa Casa de Santos recebeu alta nesta manhã após avaliação de uma equipe multiprofissional, informa a assessoria de comunicação do hospital. O último paciente relacionado às chuvas é uma outra criança, de 7 anos, que permanece na UTI pediátrica, com estado de saúde considerado regular.


Adulto recebe alta

Quinta-feira (5), 10h10

A assessoria de comunicação da Santa Casa de Santos informou nesta manhã que duas crianças vítimas das chuvas em Santos seguem internadas. Uma delas tem 7 anos e está na UTI pediátrica, apresentando melhora no quadro clínico e estado de saúde regular. A outra, de 2 anos, encontra-se estável e também tem estado de saúde regular.

Outro paciente relacionado às chuvas era um homem de 47 anos, que recebeu após apresentar melhora no quadro geral.


Quarta-Feira 04/03

VLT retorna às 21h05

Quarta-feira (4), 19h40

O Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT) volta a circular às 21h05 desta quarta-feira, com trens partindo das estações Porto e Barreiros. A limpeza do solo no local foi realizada nesta terça-feira por funcionários da Secretaria de Serviços Públicos (Seserp). Leia a matéria completa.


Busca ativa prossegue 

Quarta-feira (4), 18h30

A Prefeitura mantém, na noite desta quarta-feira, a busca ativa por moradores de áreas de risco que necessitam deixar a residência. A todos são oferecidos serviços de atenção básica da assistência social e vaga em um dos abrigos disponibilizados pelo Município. Leia a matéria completa. (Foto: Anderson Bianchi)


Solicitação de recursos federais 

Quarta-feira (4), 17h50

O coronel Alexandre Lucas, secretário nacional de Defesa Civil, esteve em Santos na tarde desta quarta-feira e recebeu do prefeito Paulo Alexandre Barbosa uma solicitação formal de recursos para obras de reconstrução de áreas afetadas pela chuva em morros da Cidade.


Recolhidas 182 toneladas de entulho

Quarta-feira (4), 15h10

Até o momento, 182 toneladas de resíduos de deslizamentos, entre entulho, terra e vegetações, foram retiradas pelas equipes da Prefeitura dos seguintes locais: ruas Santo Antônio do Valongo e São Clovis (Morro São Bento), avenidas Martins Fontes (Valongo), São Cristovão (São Bento) e Doutor Antônio Manoel de Carvalho, Alameda Prefeito José Gomes (Morro Nova Cintra) e bairro Ilhéu Baixo. (Foto: Rogerio Bomfim)


Bom Prato serve de apoio

Quarta-feira (4), 14h50

Até sexta-feira (6), o Bom Prato Morros (Avenida Santo Antônio do Valongo, 546, Morro São Bento) servirá de ponto de apoio para equipes do Corpo de Bombeiros, da Defesa Civil, da Guarda Civil Municipal e dos voluntários que atuam nos resgates e no auxílio às famílias residentes no local.

Os funcionários do restaurante, que tem gestão da ONG Vidas Recicladas e funciona exclusivamente no período vespertino (serve café da manhã e almoço), se ofereceram para ajudar. Decidiram preparar uma sopa (canja) e bebidas quentes (café, chá), servidos a partir das 18h aos envolvidos nos trabalhos. A estrutura do restaurante também está sendo aproveitada, já que possui banheiros, mesas e cadeiras para descanso e higiene.


Mapeamento de áreas afetadas  

Quarta-feira (4), 14h30

Nesta quarta-feira, a Defesa Civil de Santos realizou um sobrevoo de helicóptero em torno dos morros da Cidade para mapear as áreas de deslizamento e planejar novas ações nessas regiões. (Foto: Leandro Ordonez)


Doada 1 tonelada de alimento

Quarta-feira (4), 12h

Já foram doadas 50 mil peças de roupas ao Fundo Social de Solidariedade (FSS), incluindo roupas de cama, além de 1 tonelada de alimentos, 10 mil litros de água e 10 mil itens de higiene pessoal. Leia a matéria completa. (Foto: Susan Hortas)


Excesso de chuva

Quarta-feira (4), 9h50

O acumulado pluviométrico das últimas 72 horas é de 325,6 milímetros. A média histórica de todo o mês de março é de 293,8 milímetros. A informação é do serviço de meteolorogia da Defesa Civil de Santos.


Sem novas ocorrências

Quarta-feira (4), 9h40

Todos os morros da Cidades seguem em alerta para deslizamentos. Contudo, não houve novas ocorrências nesta quarta-feira.


169 abrigados pela Prefeitura

Quarta-feira (4), 9h40

Há, neste momento, 169 pessoas nos alojamentos oferecidos pela Prefeitura. A estimativa é de que haja em torno de 150 desabrigados e 100 desalojados.


VLT ainda inoperante 

Quarta-feira (4), 9h30

De acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), não há bloqueios no trânsito em função de alagamento. Já a linha do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) foi limpa pelas equipes da Secretaria de Serviços Públicos (Seserp) e aguarda avaliação da Defesa Civil.


95% das escolas funcionam 

Quarta-feira (4), 9h20

A Secretaria de Educação de Santos (Seduc) informa que 95% das escolas municipais já estão funcionando dentro da normalidade, com exceção de unidades dos morros, cujo acesso, serviços e atividades ainda permanecem prejudicados, devido aos deslizamentos provocados pela chuva dos últimos dias:

sem aula:
-UME Therezinha Pimentel
-UME Magali Alonso

aula no período vespertino
-UME Hilda Rabaça

aula normal
-demais unidades, com observações:
-UME Florestan Fernandes - Escola Total
-UME Lourdes Ortiz - sem telefone


3 óbitos confirmados

Quarta-feira (4), 9h10

A Prefeitura informa, com profundo pesar, a morte de um homem de 20 anos. O corpo foi localizado pelos bombeiros no Morro do Tetéu, na madrugada desta quarta-feira (4).

As outras vítimas fatais foram um idoso, no Morro do Pacheco, e uma mulher de 39 anos, no Morro do Tetéu.


Tráfego interditado no São Bento

Quarta-feira (4), 9h

No Morro São Bento, onde prosseguem trabalhos de buscas por vítimas de deslizamentos, continua impedida a circulação de veículos pesados.

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) informa que o acesso ao morro pela Rua Rubião Junior (proximidades da Avenida São Francisco) está bloqueado. As linhas de transporte coletivo municipal (110, 118 e 181) que atendem o São Bento operam de forma parcial.


2 óbitos confirmados

Terça-feira (3), 23h

A Prefeitura informa, com profundo pesar, a morte de um idoso vítima de um deslizamento no Morro do Pacheco. O corpo foi localizado esta noite à noite pelo Corpo de Bombeiros.

A outra vítima fatal foi uma mulher de 39 anos, no Morro do Tetéu.


Terça-Feira 03/03

500 profissionais em serviço 

Terça-feira (3), 19h40

Desde a madrugada desta terça-feira (3), mais de 500 trabalhadores, entre funcionários da Seserp, da Prodesan e da Terracom, estão nas ruas atendendo a diversas ocorrências, que se concentraram principalmente nos morros. (Foto: Susan Hortas)


Doações pelo Fundo Social

Terça-feira (3), 19h30

O Fundo Social de Solidariedade (FSS) informa que há neste momento uma necessidade maior de doações de colchões, travesseiros e roupas de cama. Outros itens também são necessários: roupas de banho, alimentos em geral, água e produtos de higiene pessoal.

Estes são os locais para doação: FSS (Avenida Conselheiro Nébias, 388, Encruzilhada), Vila Criativa da Vila Progresso (Rua Três, s/n) e Vila Criativa da Zona Noroeste (Avenida Hugo Maia, 293, Rádio Clube).


Excesso de chuva

Terça-feira (3), 19h20

Desde a tarde de sábado, o acumulado pluviométrico na Cidade é de 351 milímetros, 19,4% a mais que o previsto para todo o mês de março de acordo com a média histórica de 293,8 milímetros.


120 chamados à Defesa Civil

Terça-feira (3), 19h10

A Defesa Civil de Santos atendeu nesta terça-feira mais de 120 chamados provenientes de todos os morros da Cidade. Do Morro São Bento partiu o maior número de solicitações. Outros morros bastante afetados pela chuva foram Caneleira, Fontana, Santa Maria, Pacheco e Saboó. (Foto: Susan Hortas)


UTI móvel na Nova Cintra

Terça-feira (3), 19h

Para maior agilidade de possíveis atendimentos, desde o início da noite, a SMS mantém uma UTI Móvel na Policlínica do Morro da Nova Cintra.


1 óbito confirmado

Terça-feira (3), 18h50

A Prefeitura informa, com profundo pesar, a morte uma mulher de 39 anos, moradora do Morro do Tetéu. Desde o ano 2000, a Cidade não registrava morte em decorrência de deslizamento de terra.

Na Santa Casa, uma criança de 7 anos segue internada na UTI Pediátrica, em estado grave. No mesmo hospital, um adulto de 43 anos, com politraumatismos, foi internado em enfermaria e tem estado de saúde regular. Por volta das 16h, deu entrada na unidade uma criança de 2 anos, do Morro São Bento, com politraumatismos. Ela está sendo avaliada pela por equipe multiprofissional e tem estado considerado regular.


170 chamados ao Samu

Terça-feira (3), 18h40

Nesta terça-feira (3), o Serviço Móvel de Atendimento de Urgência (Samu) de Santos atendeu sete chamados relacionados a acidentes causados pelas chuvas.


Locais de abrigo

Terça-feira (3), 18h30

Às famílias que deixam as casas, o Município oferece alojamento em quatro equipamentos: Seabrigo AIF, Seacolhe AIF, Alberque Noturno e Casa das Anas.

Ha também os locais de apoio: Vila Criativa da Vila Progresso (Rua Três s/n), escola Terezinha Maria Calçada (Rua Santa helena s/n, Morro São Bento), quadra da União Imperial (Rua São Judas Tadeu, 20, Marapé), quadra da Unidos do Morro (Avenida Prefeito Antônio Manoel de Carvalho, 256) e escola Monte Cabrão (Rodovia Piaçaguera/Guarujá, km 33).


Auxílio da Prefeitura 

Terça-feira (3), 18h20

Até o momento, 250 pessoas solicitaram auxílio do Município. Todas foram encaminhadas aos Centros de Referência de Assistência Social (Cras), onde assistentes sociais verificam necessidades como alimentação, vestimentas ou documentos. Na sequência, àqueles quem não têm para onde ir, são oferecidos locais de acolhimento.


Busca ativa para remoções

Terça-feira (3), 18h10

A Defesa Civil de Santos realiza intenso trabalho de remoção dos moradores das áreas de risco no intuito de preservar vidas. Mais de 100 moradias devem ser desocupadas em sete morros. (Foto: Anderson Bianchi)


Decretado estado de emergência

Terça-feira (3), 18h

A Prefeitura de Santos decretou estado de emergência nesta terça-feira, em decorrência das chuvas que atingiram a Cidade nos últimos quatro dias.