Conteúdo

Morre o Vovô Sabe Tudo Josué, da Linha Turística do Bonde

16 de agosto de 2019
11h 53

Vestindo o uniforme do bonde, com o qual trabalhou durante 19 anos como Vovô Sabe Tudo da linha turística, foi enterrado às 15h45 desta quinta (15), no Cemitério da Areia Branca, Josué Jerônimo de Campos. Ele foi vítima de um câncer na próstata e morreu em casa, no Morro São Bento.

Nascido em Mata Grande (AL) em 18 de novembro de 1939, Josué fixou residência em Santos com 17 anos e integrou, em 2000, o primeiro grupo de ex-motorneiros e ex-condutores a atuar na Linha Turística do Bonde pelo programa de valorização da pessoa idosa, implementado pela Prefeitura dois anos antes.

“A marca do vovô Josué é a alegria e o bom humor”, comentou a guia de turismo Ana Carolina Tani Kader, chefe da Seção de Serviços Turísticos da Secretaria de Turismo e responsável pelos idosos que atuam na Linha Turística do Bonde.

COINCIDÊNCIA

Ana desenvolveu afeição especial por Josué ao descobrir a forte amizade dele com seu avô, também funcionário do Serviço Municipal de Transportes Coletivos, que faleceu quando ela contava com cerca de nove anos. “Na verdade, conheci meu avô pelos relatos e histórias do vovô Josué”.

Em 1963, Josué começou a atuar como motorneiro, profissão que desempenhou até 1971, quando o serviço de bonde foi extinto e passou a dirigir ônibus da empresa municipal.

Apesar da saúde fragilizada, Josué manteve o bom humor e sempre tinha uma piada para contar, conforme lembrou a guia de turismo, que o visitava com regularidade.

O uniforme de trabalho com o qual foi enterrado foi escolha do próprio vovô, um pedido que há muito havia feito às filhas Adileia e Ecleia. Viúvo, ele também é pai de Josué Jr. e Josival, já falecido.