Conteúdo

Agentes da Unesco visitam Santos para conferência mundial; Estado anuncia apoio

27 de fevereiro de 2020
16h 30

Até o próximo domingo (1º), representantes internacionais da Unesco estarão na Cidade cumprindo uma importante etapa para a realização, em julho, da 14ª Conferência Anual da Rede de Cidades Criativas da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura. Nesta quinta-feira (27), eles conheceram os espaços que receberão as atividades e o trabalho realizado nas Vilas Criativas. E já reconhecem a importância do evento na Cidade, o primeiro em toda a América Latina.

Recebidos pelo prefeito Paulo Alexandre Barbosa, Denise Bax, da Itália, e Qiaobo Ni, da China, cumprirão uma série de compromissos técnicos, que vão desde a avaliação da infraestrutura oferecida pela Cidade a detalhes da programação da conferência. É a primeira visita da comitiva internacional a Santos que, em janeiro, recebeu uma delegação com representantes de sede cidades criativas brasileiras

“A Cidade venceu uma disputa com outros municípios e agora, cada etapa do processo, até o evento, é validada pela ONU. Queremos mostrar o que vamos apresentar ao mundo durante a conferência e estamos prontos para fazer o melhor de todos os encontros que a Unesco já realizou. Nossa expectativa é muito positiva quanto à participação dos prefeitos que compõem a rede de 246 cidades criativas”, destacou Paulo Alexandre Barbosa.
Programação

Segundo ele, detalhes da programação do encontro, que terá como tema Criatividade, Caminho para a Igualdade, já começam a ganhar forma. Serão cinco dias de inúmeras atividades, oficinas e apresentações variadas.

“Vamos realizar eventos no novo Centro de Convenções e o novo Mercado de Peixes também será envolvido, com chefs de vários lugares do mundo. Teremos oficinas nas Vilas Criativas nas áreas de gastronomia, moda, arte, design. A ideia é mobilizar a Cidade inteira com programação e mostrar toda a nossa riqueza cultural para mundo”.
O prefeito destacou que uma das atividades do encontro será um painel exclusivamente dedicado ao Programa Participação Direta nos Resultados (PDR), lançado em 2013 e inédito em todo o País ao envolver toda a Administração pública e criar um sistema de indicadores de desempenho para dar suporte aos contratos de gestão de metas e resultados. “O objetivo da Unesco é desenvolver políticas públicas que possam melhorar a vida das pessoas e eles entendem que nosso PDR deve ser compartilhado, para permitir cidades melhores e mais eficientes”.

De acordo com o secretário de Governo Rogério Santos, o evento será um marco de reconhecimento do trabalho das vilas criativas e frisou que o Município está atingindo seus objetivos no desafio de transformar uma política de governo em uma política pública.

“Nossa estratégia é usar a economia criativa como forma de igualdade social e o evento trará conhecimento sobre a importância desse setor não só para a Cidade, mas para todo o País”.


VISITAS TÉCNICAS

Durante toda a tarde, os representantes internacionais da Unesco percorreram locais como a Associação Comercial, Parque Tecnológico, Vilas Criativas, Ecofábrica, Museu Pelé, Casa da Frontaria Azulejada, Arcos do Valongo, Cadeia Velha, Bolsa Oficial do Café, Teatro Guarany, escola municipal Paulo Gomes Barbosa e a Nova Ponta da Praia, onde conheceram as obras do novo Centro de Convenções e do novo Mercado de Peixes.
A programação da comitiva inclui, até domingo, encontros com equipes envolvidas com os preparativos para o evento e visitas ao campo do Santos Futebol Clube e ao Monte Serrat.

Segundo Denise Bax, o objetivo da Unesco, com o evento, é permitir que, uma vez por ano, os participantes possam compartilhar projetos. “Discutiremos temas que pertencem às cidades, como melhorar a vida dos moradores. E percebemos que Santos está muito comprometida com o evento, que será importante não só para refletir, mas para implementar ações”.

A representante da Unesco destacou ainda que está aproveitando cada minuto na Cidade. “O encontro mostrará como, em nível local e nacional, o setor criativo é muito importante para as cidades e tenho certeza de que será um enorme êxito”, destacou Denise, frisando que os programas da Unesco incentivam que indústrias culturais gerem mais emprego e melhorem a qualidade de vida da população.

Para o chinês Qiaobo Ni, o evento deste ano será uma oportunidade importante para Santos e observou que a qualidade de vida oferecida pela Cidade é um dos destaques que permitem receber representantes de outros 245 municípios.

DESDE 2015

Santos integra a Rede Criativa da Unesco desde 2015, sendo a única representante da categoria Filme (Cinema) no País. A escolha para sediar o evento deste ano ocorreu no ano de 2018 e, no ano passado, Santos também participou da conferência realizada em Fabriano, na Itália.
No último dia 18 de fevereiro, foi definido o comitê organizador da conferência. O grupo é formado por 70 representantes da Prefeitura e foi setorizado em comissões como Relações Internacionais, Núcleos Criativos, Vilas Criativas, Comunicação e Meio Ambiente.

 

Estado será parceiro da Prefeitura em organização de evento da Unesco


O governo do Estado será parceiro de Santos na realização do encontro de cidades criativas da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) que será realizado em julho no Município.

A cooperação foi anunciada nesta quinta-feira (27) durante reunião no Palácio dos Bandeirantes, na capital, com participação do prefeito Paulo Alexandre Barbosa e dos secretários estaduais de Turismo, Vinicius Lummertz, de Comunicação, Cleber Mata, e de Relações Internacionais, Júlio Serson.

O auxílio do Estado ocorrerá por meio de recursos para preparação e divulgação do evento. "Será uma grande parceria para que possamos realizar um grande encontro, mostrando todas as potencialidades da Cidade", diz o prefeito.

Também participaram da reunião os secretários municipais santistas Flávio Jordão, de Comunicação, e Rafael Leal, de Cultura. 


OBRAS

Também nesta quinta-feira, o prefeito compareceu ao gabinete do vice-governador do Estado, Rodrigo Garcia, para tratar de avanços nas obras da Nova Entrada de Santos e da segunda fase do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), cujas obras devem ser iniciadas ainda neste semestre.