Conteúdo

Soldados do Exército iniciam reforço de limpeza em morro de Santos

11 de março de 2020
13h 02
Equipes da Terracom e soldados do Exército no alto de uma encosta fazendo limpeza. #Paratodosverem

Um grupo de 50 soldados do 2º Batalhão de Infantaria Leve do Exército Brasileiro, localizado em São Vicente, iniciou, nesta quarta-feira (11), um incremento na limpeza de  regiões dos morros atingidas por deslizamentos durante o temporal do último dia 2.  As ações de limpeza, remoção de vegetais e pedras se somam ao trabalho que vem sendo realizado pela Administração Municipal e devem durar cerca de 30 dias.

O trabalho começou por volta das 9h, no Monte Serrat. O grupo se dividiu em duas equipes, sendo uma destinada à região da Rua Tiro Naval e outra à parte mais alta do morro, onde uma tenda foi providenciada pelos soldados para servir como base de operações durante o período de trabalho.

O início das atividades atende a um ofício encaminhado pela Prefeitura de Santos pedindo que o Exército Brasileiro contribuísse com os trabalhos. A Administração Municipal já disponibiliza 230 funcionários para os serviços e está fornecendo aos soldados os equipamentos necessários para o trabalho, além da alimentação.

“É uma área grande e precisávamos de reforço para remover todo o material no tempo necessário. Agora recebemos uma ajuda que inicialmente vai durar 30 dias para limpar a parte externa e entrar nas casas, se for preciso”, explicou Rodrigo Paixão, subprefeito da Zona da Orla e Intermediária.

A limpeza dos terrenos é importante para permitir que os pontos atingidos por escorregamentos fiquem mais estáveis. O coordenador da Defesa Civil, Daniel Onias, esclareceu que isso permite novas avaliações do solo para determinar futuras intervenções, se necessário.

No alto do Monte Serrat, os soldados deram apoio na remoção de todo o material que deslizou atingindo parte da casa de uma moradora, sem vítimas.Naquele ponto, foi necessário serrar troncos de árvores que cederam junto com lama e pedras. Os soldados estavam divididos em grupos. Enquanto uns removiam o material e os colocava em sacos plásticos, outros formavam correntes para acelerar a descida de tudo que era retirado.

O Monte Serrat tem cerca de dois mil moradores. “Todo o morro é área de risco, em níveis variados. Mas estamos mais tranquilos e seguros com a limpeza que está sendo feita”, afirmou Alex do Carmo Menezes, tesoureiro da Sociedade de Melhoramentos do Monte Serrat.

Acompanhe todas as informações sobre os serviços relativos às chuvas que causam deslizamentos nos morros. 

 

Fotos: Marcelo Martins

Galeria de Imagens

Homens do Exército estão trabalhando em encosta. Há diversas moradias o entorno. #Paratodosverem
Soldados chegam ao Monte Serrat. Eles descem escadaria diante da capela. #Paratodosverem
Soldados se preparam para subida do Monte Serrat. Eles desembarcam de caminhão e parte para o acesso do bondinho. #Paratodosverem
Soldados estão ao lado de uma casa. Eles estão em pé ao lado de um monte de vegetação. #Paratodosverem
Funcionários da prefeitura atuam na limpeza de terreno. #Paratodosverem
Homens do Exército e prefeitura fazem limpeza em terreno. Há grande volume de galhos e madeiras. #paratodosverem