Conteúdo

Serviços prestados em várias unidades da Prefeitura de Santos têm índice positivo de aprovação

6 de fevereiro de 2020
18h 06

A Pesquisa de Satisfação do Usuário do Serviço Público, realizada pela Ouvidoria Presente, vem apresentando índices positivos de satisfação da população em relação aos serviços prestados em mais de 40 unidades ligadas à Prefeitura, além das obras da Nova Entrada de Santos. Na área da Saúde, por exemplo, o Instituto da Mulher e Gestante (Encruzilhada) recebeu 100% de aprovação, bem como o Centro de Referência em Saúde Auditiva (Gonzaga), o Centro de Saúde Martins Fontes (Vila Mathias) e o Centro de Atenção Psicossocial Centro, o Caps Centro (Macuco).

 

No turismo, todos os 105 entrevistados durante o levantamento elogiaram a Estação Bistrô e os 114 abordados no Museu Pelé aprovaram a instituição. Já a Linha Turística do Bonde foi aprovada por 99,5% de 209 entrevistados. Parques ligados à Secretaria de Meio Ambiente (Semam), o Orquidário teve 98,6% de aprovação, enquanto o Aquário, 87,4%.

 

A pesquisa teve início em 3 de setembro e, até o último dia 30, já foram entrevistadas 3.270 pessoas em unidades das secretarias de Saúde, Desenvolvimento Social, Meio Ambiente, Esportes, Cultura e Assuntos Portuários, Indústria e Comércio, além das Vilas Criativas e obras da Nova Entrada de Santos. “A opinião do usuário deve ser respeitada e avaliada pelo gestor público. A partir das informações obtidas na pesquisa, é possível priorizar investimentos ou adotar medidas para melhorar o serviço. É uma prática adotada por empresas em ações de controle de qualidade e que o poder público incorporou para ampliar  sua eficiência”, ressalta o ouvidor Rivaldo Santos.

 

Nova Entrada de Santos - Em relação às obras da Nova Entrada da Cidade, só no bairro Castelo, de 107 entrevistados, 94,4% aprovaram as intervenções e 82,2% acreditam que elas irão ajudar no desenvolvimento do Município. No Bom Retiro, de 62 entrevistados, 98,4% também aprovam e 88,7% consideram que as melhorias contribuirão no crescimento da região.

 

O trabalho segue a normativa da lei federal 13.460 (Código de Defesa do Usuário do Serviço Público), que obriga a avaliação continuada dos serviços públicos e disponibilização das informações e dos resultados no Portal da Transparência, onde conta a lista com todas as unidades atualizada diariamente pela Ouvidoria.