Seu navegador não possui suporte para JavaScript o que impede a página de funcionar de forma correta.
Mensagem do Periodo Eleitoral

Atenção

Em cumprimento ao Artigo 73 da Lei Eleitoral nº 9.504/97, as redes sociais e o portal da Prefeitura, a partir de 6 de julho até o final do processo eleitoral de 2024, publicarão apenas conteúdo de utilidade pública.

Conteúdo
Notícias

Santos vai instalar mais 1.500 câmeras de monitoramento em equipamentos e vias públicas

Publicado: 3 de junho de 2024 - 14h58

A partir deste mês tem início a instalação de mais 1.500 câmeras de monitoramento integradas ao Centro de Controle Operacional (CCO), da Prefeitura de Santos. Elas serão colocadas em vias públicas e nas áreas internas e externas de unidades municipais (escolas, policlínicas, entre outras) no prazo de até um ano, ampliando o número atual de 1.763 câmeras para mais de 3.200.

“Este é um grande investimento para a qualidade de vida dos santistas e para a economia local, porque contribui na tomada de decisões estratégicas, mobilidade urbana e segurança, o que também é fundamental para a vinda de turistas à nossa cidade”, destacou o prefeito Rogério Santos, lembrando de outros importantes investimentos promovidos pelo Município, como os mais 100 pontos de wi-fi, a aquisição de dois drones de alta performance e o início da instalação da nova central semafórica.

Para a expansão e modernização do parque de câmeras, a Prefeitura de Santos formalizou no mês de maio o maior contrato de tecnologia da história da Administração Municipal, no valor de R$ 35,9 milhões, após a realização de licitação pública. A empresa vencedora foi a Net Telecom.

Os recursos serão provenientes de financiamento internacional junto ao Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF), dentro do programa Santos Mais – Macrodrenagem, Acessibilidade, Inovação e Sustentabilidade. O empréstimo foi aprovado pela instituição bancária em dezembro passado e pelo Governo Federal em maio, e agora vai para aprovação no Senado.

Nesta primeira etapa da instalação de câmeras, o Município vai aplicar R$ 5 milhões de recursos próprios, os quais serão ressarcidos posteriormente pelo banco após a assinatura do contrato.

MONITORAMENTO NAS ESCOLAS

Ao todo, estão previstas a colocação de 1.392 câmeras fixas e 108 do modelo PTZ (Pan-Tilt-Zoom) - que se movimentam horizontal e verticalmente e permitem a aproximação da imagem. Deste total, serão 1.192 câmeras que ficarão em áreas internas de 155 unidades municipais e 308 câmeras que serão colocadas em 133 pontos em ruas, avenidas e praças.

Em 2024, será priorizada a instalação de 357 câmeras em 45 escolas e outras unidades da Secretaria de Educação (Seduc), além da colocação dos equipamentos nas vias públicas em frente aos prédios escolares. Haverá ainda a colocação de 363 câmeras em 54 unidades da Saúde, 164 câmeras em 33 unidades de Desenvolvimento Social e 110 câmeras nos três cemitérios municipais, além de equipamentos nas vilas criativas, centros esportivos e outras unidades.

“A expectativa é de que 100% das escolas municipais passem a ser monitoradas por câmeras, cobertura que hoje está em torno de 60%, e que o mesmo ocorra em todas as unidades de saúde”, explicou o secretário municipal de Governo, Fábio Ferraz.

Já entre os espaços públicos que ganharão câmeras, estão o futuro Parque Valongo e vias de grande fluxo de veículos e pedestres, como as avenidas Senador Feijó, Senador Dantas, Rodrigues Alves, Rei Alberto I, Afonso Pena, Pedro Lessa, Epitácio Pessoa, Ana Costa, Conselheiro Nébias, Jornalista Paulo Matos, Nossa Senhora de Fátima, Pinheiro Machado (canal 1), Bernardino de Campos (canal 2), Washington Luís (canal 3), Siqueira Campos (canal 4), Almirante Cochrane (canal 5), Cel. Joaquim Montenegro (canal 6) e San Martin (canal 7).

Conectividade da Área Continental foi ampliada e região tem câmeras integradas ao CCO

Outro importante investimento em tecnologia do Município é a Conectividade da Área Continental. Agora, as unidades municipais (escolas, policlínicas e outras) dos bairros Caruara, Monte Cabrão e Ilha Diana possuem internet e transmissão de dados com a mesma velocidade de conexão do que a do restante do Município, que passou de 10 Mbps (megabits por segundo) para 1 Gbps (gigabyte/segundo), quase 100 vezes maior.

O avanço se dá graças aos recentes investimentos da Prefeitura para a instalação de torres de transmissão com rádios de micro-ondas especiais, os mesmos usados por operadoras de telecomunicações. Com esses avanços, os moradores também passaram a ter acesso ao sinal gratuito de internet sem fio (wi-fi público) nas proximidades das antenas de retransmissão e o monitoramento urbano e predial agora está integrado ao Centro de Controle Operacional (CCO).

Outro benefício foi a melhoria da internet nas escolas. “Agora as crianças e jovens da Área Continental passam a usar nas salas de aula os mesmos recursos, tablets e lousas digitais, que os alunos da Área Insular”, ressalta o prefeito Rogério Santos.  

O investimento do Município foi de R$ 3.186.130,17 para a construção de quatro torres (duas de 45 metros e duas de 15m) e um mastro de transmissão, a cargo da empresa Net Telecom, empresa vencedora da licitação. As estruturas ficam instaladas no Embaré e Morro da Vila Progresso (para transmissão do link) - que integram a Infovia municipal -, Caruara, Monte Cabrão e Ilha Diana (recepção).

Em Caruara, foram instaladas 12 câmeras de monitoramento integradas ao CCO da Prefeitura; em Monte Cabrão, uma, além das câmeras instaladas nas três torres (Caruara, Monte Cabrão e Ilha Diana), totalizando 16 câmeras.

 

Esta iniciativa contempla os itens 4, 9, 10 e 16 dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU: Educação de Qualidade, Indústria, Inovação e Infraestrutura: Redução das Desigualdades e Paz, Justiça e Instituições Eficazes. Conheça os outros artigos dos ODS.