Seu navegador não possui suporte para JavaScript o que impede a página de funcionar de forma correta.
Conteúdo
Notícias

Santos é a cidade menos violenta da Baixada Santista, aponta levantamento

Publicado: 6 de dezembro de 2023 - 17h23

A cidade de Santos teve a menor taxa de crimes praticados com violência entre todas as nove cidades da região da Baixada Santista. É o que revela o Índice de Exposição aos Crimes Violentos (IECV), elaborado pelo Instituto Sou da Paz, com base em números de 2022, da Secretaria da Segurança Pública do Estado de São Paulo (). 

O estudo que aponta as localidades mais violentas, divulgado na última segunda-feira (5), colocou Santos na 100ª posição, com taxa de 6,85 entre os 136 municípios paulistas com mais de 50 mil habitantes.

O levantamento reúne registros como roubos, estupros e homicídios, atribuindo diferentes pesos às dimensões de crimes contra a vida (homicídios), contra a dignidade sexual (estupros) e patrimoniais (roubos e furtos).

O litoral de São Paulo lidera a lista de localidades mais violentas do Estado. Peruíbe, Caraguatatuba, Mongaguá, Ubatuba, Itanhaém e Bertioga estão entre as dez com maior incidência criminal. Já Capivari, Pirassununga e Nova Odessa estão entre os três melhores indicadores, com taxas de 1,71, 2,26 e 2,95 respectivamente. 

Lançado pela primeira vez em 2018, o IECV foi criado para facilitar uma avaliação que agregue várias dimensões da violência e da segurança pública no estado de São Paulo, analisando diferentes tendências criminais e permitindo uma comparação das estatísticas e do nível de exposição da população a esses crimes entre cidades e distritos policiais ao longo do tempo.

Nos últimos anos, Santos vem sendo destaque em diversos indicadores nacionais como uma das cidades mais seguras do Brasil, consequência direta dos investimentos e estratégias do setor desenvolvidas pela Administração.

“Esses indicadores positivos são frutos do trabalho conjunto da Polícia Militar, da Polícia Civil, o esforço da Prefeitura por meio da Guarda Municipal, investindo em tecnologia, equipamentos e treinamento. Tudo isso combinado ajuda para que tenhamos uma cidade melhor”, afirmou o secretário de Segurança Sérgio Del Bel.

INVESTIMENTOS

Em setembro deste ano, o Prefeito Rogério Santos anunciou o programa ‘Santos Mais Segura’, pacote de investimentos da Prefeitura de mais de R$ 53 milhões em prol da segurança e monitoramento urbano, com a entrega de novas viaturas, ampliação do armamento da Guarda Civil Municipal (GCM), compra de drones de alta performance, a contratação de 200 guardas civis municipais, entre outros.

CCO

Vale destacar que, desde 2020, a Prefeitura de Santos conta com o Centro de Controle Operacional (CCO) - com recursos de R$ 40 milhões - que faz o monitoramento de toda a Cidade, 24 horas por dia, com o auxílio de 1.733 câmeras, integrando as forças de segurança e os demais serviços públicos, ampliando o monitoramento urbano e o atendimento aos cidadãos.

Esta iniciativa contempla o item 16 dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU: Paz, Justiça e Instituições Eficazes. 
Conheça os outros artigos dos ODS.

fotos: RAIMUNDO ROSA/Arquivo