Conteúdo

Saiba como funcionará a entrega do cartão bolsa-alimentação em Santos

18 de maio de 2020
14h 24

VEJA O PASSO A PASSO DA ENTREGA DO CARTÃO

INICIATIVA PRIVADA SE SOLIDARIZA 

A distribuição dos cartões do bolsa-alimentação a 8 mil estudantes da rede municipal de ensino com famílias em vulnerabilidade social será realizada das 9h às 17h desta  terça-feira (19), em 84 escolas municipais e 39 entidades subvencionadas. Os responsáveis pelos alunos já estão sendo procurados para a retirada do benefício, que será feita por meio de agendamento e mediante apresentação de documento de identificação com foto.
A medida, que tem o objetivo de garantir a segurança alimentar dessa população durante a pandemia do coronavírus, envolve as secretarias de Desenvolvimento Social (Seds) e Educação (Seduc) e tem parceria com a empresa Alelo e a organização social Comunitas.

O benefício será pago por dois meses, conforme estabelece a Lei Municipal nº 3.681, de 15 de abril, e os valores individuais destinados pela Prefeitura já estarão disponíveis nos cartões, correspondendo a R$ 101 para alunos de creche, R$ 63 para pré-escola e R$ 55 para os de ensino fundamental.

O programa tem apoio do setor privado, que injetará R$ 1 para cada R$ 1 pago pelo Município por meio da organização social Comunitas para alunos da faixa de extrema pobreza, permitindo assim que sejam dobrados os montantes destinados a cada faixa de ensino: R$ 202 para creche, R$ 126 para pré-escola e R$ 110 para o ensino fundamental.

O PASSO A PASSO DA ENTREGA

A entrega dos cartões será feita em duas etapas, sendo que na primeira, nesta terça-feira, serão distribuídos 4.483. Outros 553 farão parte de uma segunda remessa, ainda sem data definida. Famílias com mais de um aluno beneficiado receberão os valores correspondentes em um único cartão.

  1. As unidades de ensino estão entrando em contato, via telefone, com a família do aluno beneficiado para que o responsável (identificado no cartão) retire o auxílio, mediante a apresentação de um documento de identificação e assinatura do termo de responsabilidade. As escolas ficarão responsáveis pela logística de entrega (divisão dos atendimentos por horários ou períodos), considerando o volume de contemplados, para evitar aglomeração de pessoas num curto espaço de tempo.
  2. Os cartões serão entregues bloqueados, com senha, e poderão ser utilizados na rede credenciada, que conta com cerca de 220 estabelecimentos para compra de alimentos, entre supermercados, mercearias, açougues e padarias. Eles não serão aceitos em restaurantes e similares e devem ser usados apenas para compra de gêneros alimentícios.
  3. Após serem entregues, os cartões devem ser desbloqueados via central de atendimento 4004-7733 ou pelo aplicativo Meu Alelo, disponível nos sistemas Android e iOS. A senha padrão é enviada junto com o cartão e pode ser alterada também pelo telefone ou pelo app, por onde também é possível acompanhar o saldo restante.

 

Benefício é resultado de união

Organização que promove governança compartilhada entre o setor público e a iniciativa privada, buscando estratégias para melhoria das gestões públicas, a Comunitas está presente em cinco estados e 22 cidades. Para ajudar a reduzir os impactos socioeconômicos provocados pela pandemia em Santos, conseguiu apoio financeiro das empresas VLI, Rumo e MRS.

“Somente por meio da união de esforços é possível enfrentarmos os desafios provocados pelo coronavírus. Esperamos que essa atitude inspire mais empresas a também se mobilizarem para alcançarmos a nossa meta de R$ 1,6 milhão e conseguirmos ampliar os benefícios para os estudantes”, explica a diretora de Gestão e Investimento Social Corporativo da organização, Patricia Loyola.
Para o diretor de Marketing e Produtos da Alelo, André Turquetto, a parceria representa a oportunidade de disponibilizar a plataforma tecnológica da Alelo para viabilizar a prestação desse tipo de serviço, de forma rápida, e atender às necessidades da população que mais necessita de ajuda nesse momento.

“Com nossa estrutura operacional e humana conseguimos apoiar a Prefeitura para atender às famílias e pessoas mais vulneráveis. Com isso, também exercitamos nosso papel social".

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.