Conteúdo
Notícias

Evento em Santos conscientiza sobre preservação da fauna e flora dos oceanos

Publicado:
13 de novembro de 2021
16h 29
mulher mostra animais taxidermizados a crianças #paratodosverem

Um evento de conscientização em relação à preservação da fauna e flora marítimas foi realizado neste sábado (13), ao lado do Aquário, em homenagem a chegada do veleiro-laboratório Tara, da fundação francesa Tara Océan, e à assinatura da Lei da Cultura Oceânica,, que aconteceram na última sexta-feira (12). Mais de 200 munícipes e turistas, de diversas idades, passaram pelo local.

O estande ocupado pela equipe do Tara distribuiu material informativo a respeito do projeto e mostrou aos visitantes os diferentes tipos de plástico encontrados no mar. Os interessados pelo meio ambiente puderam, ainda, observar os fitoplânctons na água da baía de Santos por meio de um protótipo de microscópio desenvolvido pela fundação. "O Tara chegou em Santos ontem e, para nós, foi uma alegria muito grande. A transmissão dessa ciência de alto nível para a sociedade, para os jovens e para as crianças sempre foi uma prioridade", disse o diretor de Políticas para o Oceano da fundação, André Abreu.

Quem passou pelo local também pôde interagir com a mesa de investigação marítima desenvolvida pela Educação Ambiental do Aquário e levar para casa uma amostra de biofertilizante ou húmus, entregues pelo Composta Santos. O Instituto Gremar também marcou presença com a exposição do acervo biológico da instituição e apresentação dos projetos desenvolvidos pela ONG, como o monitoramento de praias, dos estuários e resgate de animais marítimos.

PESCA ECOLÓGICA

Os pequenos ficaram entretidos com a pesca ecológica, que ensinava que a areia da praia não é lugar de descarte de lixo, e com a caixa de toque, onde tinham que adivinhar o animal apenas tocando na pele, pena ou bico. Também tiveram acesso ao material desenvolvido por alunos da rede municipal de ensino a respeito dos oceanos, por meio do projeto "Santos à luz da leitura", da Secretaria de Educação (Seduc), e fizeram 'tatuagens' de tinta a respeito do tema.

Uma discussão sobre a sustentabilidade do oceano com especialistas brasileiros e estrangeiros também foi realizada no auditório do Aquário, e contou com a participação de 30 pessoas. O evento foi realizado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semam), com apoio da Unifesp, Tara Océan, Instituto Gremar e Seduc.

Conhecimento para todas as idades

Antônio Romero, de 42 anos, estava passeando pela praia com o filho de 7 e os amigos da criança quando viu os estandes do evento. "Vim prestigiar essa iniciativa. É uma coisa excelente que estamos precisando. Tem que ensinar desde cedo a cuidar da natureza, não jogar lixo no mar. É muito feio ver lixo na praia e essa é uma sabedoria que eu sempre passo para eles".

Já a aposentada Doralice Ruzzi, de 68, veio com o marido encontrar uma amiga que estava no evento. Ela se interessou pela temática e passou por todos os estandes. "É uma iniciativa excelente, deveria acontecer sempre. Temos que mostrar, principalmente para as crianças, que não se joga lixo em canto nenhum, muito menos no mar. Já que os adultos a gente não consegue atingir com tanta facilidade, que a criança leve isso para casa e ensine a ao parentes. É um conhecimento para todas as idades".

VELEIRO

No momento, o veleiro-laboratório Tara realiza a expedição "Missão Microbioma", que busca entender como as mudanças climáticas e os vários tipos de poluição, como dos microplásticos, estão afetando as correntes oceânicas e a vida dos micro-organismos marinhos como bactérias e vírus. Este microbioma é a base da cadeia alimentar do oceano e responde por metade do oxigênio que respiramos no planeta.

A Tara Océan Foundation se ocupa, desde 2010, de entender e descrever o fluxo de resíduos plásticos despejados no mar. Para cumprir essa missão, o veleiro-laboratório está percorrendo grandes rios ao longo da costa do Oceano Atlântico numa expedição que terá duração de dois anos e atravessará cerca de 70 mil quilômetros - o roteiro inclui ainda os mares da Antártica e o litoral africano. Neste sábado, a embarcação deixa Santos a caminho da cidade de Florianópolis, em Santa Catarina.

Fotos: Isabela Carrari

Galeria de Imagens

pessoas na mesa de orientação sobre oceanos #paratodosverem
duas pessoas conversam em estande #paratodosverem
boneco de sereia #paratodosverem
meninas olham papeis #paratodosverem
meninas brincam com imitações de animais penduradas em varal #paratodosverem