Conteúdo

Dono de imóvel no Centro é orientado para tomar nova medida de proteção a pedestres.

4 de maio de 2018
18h 15
Agentes da Prefeitura estão na área interna de um imóvel parcialmente destruído. Um dos agentes, de costas para a imagem e com jaleco laranja está fotografando o espaço. #Pracegover

O Grupo Técnico de Trabalho que vistoria os imóveis do Centro com irregularidades nos quesitos segurança e abandono, retornou ao imóvel de número 40 da Rua Senador Feijó, na confluência com a Rua General Câmara. O objetivo foi confirmar a adoção de medidas de segurança previstas na notificação aplicada pela Secretaria de Infraestrutura e Edificações (Siedi).

Com risco iminente de queda de revestimento da fachada, o local continua isolado parcialmente na Rua General Câmara, bloqueando o acesso dos pedestres ao passeio, que ficam expostos a acidentes ao transitar pela rua.

O proprietário foi orientado a fazer um túnel de proteção sobre a calçada para liberar a passagem das pessoas. De acordo com o ouvidor Rivaldo Santos, o dono do imóvel se comprometeu a iniciar as medidas de segurança na próxima semana.

A equipe é formada pela Defesa Civil, Subprefeitura da Região Central Histórica, Secretaria de Infraestrutura e Edificações, Ouvidoria, Transparência e Controle, com apoio da Secretaria de Finanças e Procuradoria Geral do Município. Até o momento, 111 imóveis no Centro foram vistoriados e notificações foram enviadas aos proprietários para que realizem os reparos nas estruturas.

 

Foto: Raimundo Rosa