Conteúdo

V expo amo vai reunir artesanato, obras de arte, dança música e coral

20 de março de 2002
0h 00

Um evento que já se tornou tradicional em Santos, a exposição de trabalhos do Programa de Habilitação Profissional do Deficiente da Serfis, conjugado a espetáculo de música, dança e coral, volta a a acontecer no próximo dia 26, às 19h30 na danceteria Mythos, na Rua Brás Cubas, 340. A V Expo Amo vai apresentar a produção das oficinas de cerâmica, silkscreen, artesanato em madeira, bijouteria, velas artesanais, encadernação e ainda obras de arte – telas e esculturas - realizadas pelos usuários da Seção de Reabilitação e Fisioterapia da SMS. A V Expo Amo será complementada com atrações musicais, com a participação do apresentador oficial da Mythos, Punk Klô, além do Coral la Sallete, Grupo Holokahama Dancing e Banda Musical Elektroloop, havendo ainda sorteio de brindes. Esse evento sempre aconteceu no Bar do 3, um dos parceiros especiais da iniciativa, desde a primeira exposição, explica Alessandre Biloti, monitora da oficina de cerâmica e idealizadora do evento. Neste ano, para que a iniciativa ampliasse o seu alcance buscamos novos parceiros, como a Mythos, que abriu as suas portas para o evento. O Programa de Habilitação Profissional do Deficiente existe há 11 anos, preparando os portadores de deficiência para o mercado de trabalho formal e informal. Atualmente funciona no prédio da Associação Ver a Vida, na Av. Conselheiro Nébias, 267, que realizou parceria com a Prefeitura. O atendimento é dado por uma equipe multidisciplinar formada por médico, psicóloga, assistente social, acompanhantes terapêuticos e monitores de ofício, beneficiando pessoas portadoras de deficiência física, mental, auditiva, visual e pacientes encaminhados pela Reabilitação e Fisioterapia. Atualmente o programa conta com cerca de 100 habilitandos, atendidos em dois períodos pela equipe das oficinas que acompanha desde a confecção até o acabamento dos produtos, passando pela embalagem e cálculo do valor das peças. A proposta de habilitação inclui qualidade de produção, postura profissional e o conhecimento do mercado. A exposição terá camisetas e calças estampadas, cinzeiros, relógios de parede, banquinhos, caixas e espelhos de mosaico, vasos, travessas de cerâmica, velas de gel e aromáticas, agendas, cadernos, risque e rabisque, blocos, biscoitos e petit-fours, telas, esculturas, com preços que variam de R$ 1,00 a R$ 55,00. A Secult vai ceder praticáveis, enquanto o Fundo Social de Solidariedade e Associação dos Advogados de Santos vão colaborar com mesas e cadeiras. Retirada de convites gratuitos para o evento deve ser feita na Av. Conselheiro Nébias, 265/267, telefone 32235984, ou uma hora antes na Mythos, que fica na Rua Brás Cubas, 340, Vila Nova.

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.