Conteúdo

UPA da Zona Noroeste reforça atendimento para demanda acima da média

1 de março de 2019
16h 19

A UPA da Zona Noroeste (Avenida Jovino de Melo, 927, Areia Branca) vai incluir no plantão de atendimento mais um clínico geral, um enfermeiro e um técnico de enfermagem para o trabalho de classificação de risco. O novo pronto-atendimento para casos de urgência e emergência foi inaugurado no último dia 18.

O reforço visa atender à grande procura de pacientes pela unidade que está na lotação máxima, chegando e até ultrapassando os 550 pacientes por dia. Desse total, 45% são da população de fora de Santos.

No antigo Pronto-Socorro da Zona Noroeste, a média diária era de 450 atendimentos – cerca de 20% menor do que na UPA. Em cada turno (12 horas), a UPA conta atualmente com três clínicos gerais, dois pediatras e um ortopedista, totalizando seis médicos por plantão, além dos profissionais de enfermagem e administrativos. Com o reforço na equipe, na próxima semana serão quatro clínicos gerais e sete profissionais médicos ao todo por plantão.

A medida foi acertada entre a Secretaria de Saúde e a Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM), organização social que faz a gestão compartilhada do equipamento com o Município. “Assim, teremos uma equipe inteira de acolhimento clínico dos pacientes, além da redefinição do fluxo interno”, disse o secretário de Saúde, Fábio Ferraz, que acompanha o andamento do serviço desde o início e esteve na unidade na quinta-feira (28).

 

CONSELHO GESTOR

 

Os ajustes na operação da UPA também estiveram entre as reivindicações feitas por integrantes do conselho gestor local da Policlínica do Rádio Clube, na Zona Noroeste, que estiveram reunidos na tarde de quinta (28), no Paço Municipal, com o secretário de Saúde e o prefeito Paulo Alexandre Barbosa.

O chefe do Executivo falou ao grupo da proposta da Prefeitura em realizar uma grande reforma no Complexo Hospitalar da Zona Noroeste e aprimorar a retaguarda à rede de urgência/emergência. “Estamos aguardando o Termo de Ajuste de Conduta (TAC) do Ministério Público com a empresa Ultracargo, no qual um dos pontos contempla a saúde com recursos para fazermos no complexo um novo hospital”, explicou o prefeito.

 

ESTRUTURA

 

A UPA da Zona Noroeste é climatizada, informatizada com acesso ao prontuário eletrônico do paciente (Integra Saúde), possui sistema de câmeras de monitoramento, controle de acesso e segurança, classificação de risco e equipamentos de eletrocardiograma, ultrassonografia e raio-X digital – estes dois últimos recursos são novidades em relação ao antigo PS da Zona Noroeste. 

Ao todo, conta com 20 leitos: dois de observação pediátrica, 12 adultos, um individual de curta duração e cinco de emergência (semi-intensiva).

 

Foto: Isabela Carrari

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.