Conteúdo

Turistas vêm a Santos para conhecer a Rota do Pelé

30 de abril de 2016
14h 27

Difícil foi acreditar que dos 84 turistas da Grande São Paulo que chegaram a Santos às 10h deste sábado, 30/04, apenas seis eram torcedores do Santos Futebol Clube, tal a animação do grupo e o interesse em conhecer a história do time e de sua estrela maior, o rei Pelé.

Com o interior dos dois ônibus enfeitados com motivos do clube, os passageiros embarcaram na capital ao som do hino do Santos, e durante todo o trajeto participaram de brincadeiras e bate-papo sobre o time e a Cidade, coordenados por guias de turismo devidamente uniformizados – até a mochila e a placa de identificação do grupo era toda enfeitada com o emblema do alvinegro praiano.

“A intenção é envolver os turistas com todos os aspectos sensoriais, para que eles aproveitem ao máximo essa jornada cultural”, explicou Carlos Silvério, diretor da Graffit Viagens e Turismo, que criou o roteiro baseado no folheto Rota do Pelé, produzido pela Secretaria de Turismo de Santos. O interesse foi tanto que os lugares foram todos vendidos uma hora depois de colocados à venda pela agência, que vai reprisar o roteiro em outubro e novembro.

Surpresas

“Por mais que eu seja santista, muita coisa eu não sabia - como a história da caixa de engraxate e da bola de meia do Pelé”, comentou Adriano di Gênova, surpreso com o acervo do Museu Pelé, primeira parada do roteiro. Torcedor do SFC desde criança e vestido com uma camiseta do clube, ele ficou emocionado em conhecer mais a fundo a história do Atleta do Século 20. Embora torcedora do Palmeiras, a esposa Eva também estava interessada. “A gente só se separa quando os times estão jogando. Cada um assiste o jogo em quarto separado para não ter briga”, confidenciou, bem-humorado.

Rosane Abranches trouxe a mãe Jeni, de 82 anos, para conhecer a Rota do Pelé. Única torcedora do SFC em uma família inteira de corintianos, ela descobriu ainda mais curiosidades no museu, que passaram despercebidas na primeira visita, há pouco mais de um ano. “Me encanta também a acessibilidade do prédio”, elogiou. Vestindo uma camiseta preta com o emblema do time, ela diz que, todas as vezes em que vem a Santos, faz questão de mostram essa sua paixão. “Depois desta viagem, acho que todos vão passar a torcer pelo Santos”, apostou.

Ainda no Museu Pelé, o grupo participou de um bate-papo com Pepe, o ex-ponta-esquerda do SFC, conhecido como 'canhão da Vila', antes de prosseguir o roteiro, que incluía a Vila Belmiro, Calçada da Fama do Cine Roxy e a Padaria Santista, responsável pela estátuta do atleta, destaque da pracinha na confluência das avenidas Epitácio Pessoa e Almirante Cochrane.

Fotos de Susan Hortas

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.

Conteudo do Portal de Turismo

Para ver todas as novidades sobre "Lazer" visite o Portal Turismo