Conteúdo

Tráfico de Mulheres é tema de encontro universitário em Santos

26 de novembro de 2019
17h 42

O encontro sobre Tráfico de Mulheres na Baixada Santista atraiu mais de 100 pessoas ao auditório da Unifesp, nesta terça-feira (26). O evento foi alusivo ao Dia internacional da Não Violência contra a Mulher, comemorado em 25 de novembro.

“É um crime grave, cruel, e que quase não se tem notícias. As vítimas acabam não se vendo como vítimas, e é o que elas são”, disse a coordenadora de Políticas Públicas para Mulher, Diná Ferreira Oliveira.

Em nove horas de evento, foram abordados temas como o enfrentamento do tráfico de pessoas e as políticas públicas relacionadas a este problema. Também foram apresentados os indicadores de vítimas do tráfico e as condições de vulnerabilidade destas pessoas. Além disso, abordada a questão das redes de assistência às vítimas, a porta de entrada e o fluxograma dos atendimentos.

O evento, voltado a profissionais dos setores público e privado, além de estudantes e público em geral, foi realizado a pedido dos próprios colaboradores. “Poder ouvir de quem trabalha diretamente com isso é o melhor jeito de se informar. Reuniram muita gente competente aqui, isso dá uma grande diferença”, disse a operadora social Hydée Gutierrez, que é formada em Serviço Social.

O evento foi realizado pela Prefeitura por meio da Coordenadoria de Políticas para a Mulher em parceria com o Núcleo de Políticas Públicas Sociais da Unifesp, a Associação Brasileira de Defesa da Mulher, da Infância e da Juventude e o Fórum de Economia Solidária da Baixada Santista.