Conteúdo

Todos contra a dengue, a nova campanha da sms, será lançada hoje no j. botânico

26 de outubro de 2001
0h 00

Uma nova campanha contra a dengue, coordenada pela Secretaria Municipal de Saúde e com envolvimento das demais secretarias municipais, autarquias e órgãos da administração estará sendo lançada hoje, às 12 horas, no Jardim Botânico Chico Mendes (Rua João Fracarolli, s/nº, Jardim Bom Retiro), em clima de muita agitação. A largada da campanha, que tem o slogan Todos contra a Dengue – Acerte no Alvo, vai acontecer durante a realização do Programa Prefeitura, Ação e Serviço, que começa às 9 horas e segue até às 17 horas, com dezenas de atrações, competições, gincanas, todas com a temática de prevenção à dengue, havendo dezenas de brindes para ser oferecidos aos participantes. A festividade, que será marcada com muita música e dança, tem o objetivo de motivar a população a cuidar de criadouros em potencial do mosquito da dengue, o Aedes aegypti, antes da chegada do verão, que potencializa o risco de nova epidemia. A prevenção é fundamental, a fêmea do Aedes Aegypti deposita seus ovos em recipientes com água limpa e parada, entre os quais, ralos, pratos de vasos, bacias, e calhas. E antes da chegada do verão, é o momento de exterminar ovos e larvas que se concentram, sobretudo, em ambientes domésticos. Além da apresentação do novo material da campanha, no qual se incluem vídeo (que será veiculado nas TVs) folders, cartazes, faixas, banners, buttons, camisetas, bonés, a Prefeitura também realizará hoje, depois do lançamento oficial, mutirão no Bairro do Bom Retiro. Trinta agentes do Programa de Controle da Dengue, em conjunto com integrantes do Programa de Agentes Comunitários (Pacs), visitarão a região, casa a casa, distribuindo o novo material de campanha e saquinhos de sal, conversando com a população sobre os cuidados preventivos. O sal (comum de cozinha) deve ser colocado três vezes por semana nos ralos de pouco uso, sem contar que é preciso que esses locais e outros possíveis criadouros, passem por escovação uma vez por semana. A doença, que já apresentou mais de 50 mil casos no Estado, neste ano, sendo que cerca de 11.500 em Santos, precisa ser combatida de forma conjunta. A Prodesan e Terracom também estarão atuando hoje na Zona Noroeste, limpando terreno que apresenta entulhos e materiais que acumulem água. CONTROLE NO PORTO Outro importante passo já foi dado, nesta semana, pela SMS, estabelecendo parceria com a Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) e Sucen para atuar na área Portuária, que é controlada por esses dois órgãos. Um melhor cuidado da região do Porto, envolvendo desde lixo mal embalado, até materiais dispostos de forma irregular em depósitos, entre os quais contêineres, assim como banheiros em precária situação de conservação, é a meta a ser alcançada. Está prevista, na próxima semana, reunião na SMS, para a qual será convidada a Codesp. E também vai haver encontro com membros das Cipas, das empresas da faixa portuária, quando será solicitado um maior envolvimendo dos trabalhadores da área portuária na luta contra a dengue.