Conteúdo

Teatro lambe-lambe conta história da população negra de Santos

28 de junho de 2019
17h 14

Idealizado pelo grupo Mumbi, no desejo de aproximação das memórias da cultura popular do Município, o espetáculo de teatro lambe-lambe Negras Folias é uma trilogia que conta a história de travessia e movimentos da população negra em Santos. A montagem tem sessão gratuita na Vila dos Criadores (Alemoa), neste sábado (29), às 11h.

A obra foi uma das vencedoras do 7º Concurso de Apoio a Projetos Culturais Independentes do Município de Santos, e contemplada com verba do Fundo de Assistência à Cultura (Facult).  

A narrativa é contada em três caixas, que mostram a transição entre a cidade colonial e a moderna, a escravidão da população negra, além da sua resistência e contribuição na formação da diversidade da cultura popular da  Cidade no século 19.

A trama tem início no processo de travessia em que os negros chegavam e eram escravizados. No segundo momento, a história é narrada no Quilombo do Pai Felipe, um dos três principais de Santos e liderado pelo rei batuqueiro Pai Felipe. Este quilombo era local de resistência e teve grande importância no movimento abolicionista de Santos, além de difundir a cultura negra nas festas populares da época.

O terceiro momento é ilustrado com a festa mais popular conhecida até hoje no País, o carnaval. Esta caixa conta a história do Jogo do Entrudo e do Carnaval no século 19, momento de suspensão em que os diferentes povos tinham a oportunidade de partilhar momentos de prazer e alegria coletiva. Outras informações no Facebook www.facebook.com/grupomumbi.

 

Teatro lambe-lambe

 

Criado pelas bonequeiras nordestinas Denise de Santos e Ismine Lima, o teatro lambe-lambe é uma linguagem de formas animadas que ocupam um espaço cênico mínimo, que é formado por um palco em miniatura confinado em uma caixa preta de dimensões reduzidas em que são apresentadas peças de curtíssima duração, através da manipulação de bonecos, para um espectador por vez.

 

Foto: divulgação

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.