Conteúdo

Tancredo Neves 3 deve ser entregue em 2020

16 de abril de 2019
18h 55
Alvenaria aparente de prédio em construção. #Pracegor

Da Rodovia dos Imigrantes é possível observar o ritmo intenso das obras do maior empreendimento habitacional dos últimos 30 anos em Santos: o Conjunto Tancredo Neves 3, na Cidade Náutica, São Vicente, que servirá a famílias de áreas de risco socioambiental da Zona Noroeste.

Dos 28 blocos de cinco pavimentos (térreo mais quatro andares) com 40 apartamentos cada previstos no projeto arquitetônico, 21 têm a estrutura em alvenaria sendo erguida pelas mãos de cerca de 240 operários em praticamente 90 dias de obras. Os serviços em sete edificações já chegaram no último andar – a próxima etapa é a instalação dos telhados. As demais estão no terceiro e quarto pavimentos.

Ao todo são 1.120 apartamentos em área de 35 mil metros quadrados pertencente à Cohab, na Rua Manoel Sierra Perez, 2. “É o maior conjunto habitacional já construído pela Cohab Santista. Aqui vamos atender especialmente a população do Dique da Vila Gilda que vive nas palafitas. Contamos com a parceria dos governos estadual e federal para a construção dessas unidades que farão a diferença na vida de muitas famílias”, afirmou o prefeito Paulo Alexandre Barbosa, em vistoria às obras neste sábado (13), acompanhado do deputado federal Júnior Bozzella e de técnicos da Cohab.

Os trabalhos começaram em janeiro e devem ser entregues no segundo semestre de 2020, a cargo da nova construtora, a Saned Construções. “Temos, aproximadamente, 10,5% de obra executada. Os serviços vêm evoluindo de forma intensa, de acordo com o cronograma esperado”, ressaltou o presidente da Cohab Santista, Mauricio Prado. No total, o empreendimento tem valor de R$ 140 milhões, sendo R$ 33,6 milhões de parte do Estado, via programa Casa Paulista.

 

ESTRUTURA E LAZER

 

Os apartamentos terão 44,47 m², com dois quartos, sala, cozinha, área de serviço e banheiro. Haverá também unidades adaptadas para pessoas com deficiência, conforme as normas da NBR 9050. E ainda área de lazer composta por campo de futebol, quatro quadras poliesportivas e nove playgrounds, além de vagas de estacionamento para automóveis e motos, garagem coletiva e área verde.

 

HISTÓRICO

Iniciados em 2014 por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) - Governo Federal e do Estado, a obra foi paralisada e migrada para o programa Minha Casa Minha Vida, tendo início em janeiro deste ano.

 

Fotos: Rogério Bomfim

 

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.