Conteúdo

Tambores são restaurados na divisa entre Santos e São Vicente

2 de março de 2018
17h 56

Popularmente conhecido como os tambores da divisa, o monumento entre os municípios de Santos e São Vicente, localizado na Avenida Nossa Senhora de Fátima (Areia Branca), está restaurado. A obra, cujo nome oficial é Marco Rodoviário Santos-São Vicente, teve o serviço de recuperação finalizado na quarta (28), com pintura do pedestal, e quinta-feira (1º), com a recolocação dos 21 tambores vazios de óleo que caracterizam a escultura.

Os novos recipientes, confeccionados em aço galvanizado, cada um com capacidade de 20 litros, substituíram os antigos, que apresentavam corrosão. Encaixados em estrutura de concreto de 10,2 metros de altura, são dispostos de forma a indicar os quatro pontos cardeais, assim como as direções de Santos e São Vicente.

O trabalho de restauração foi realizado com verba de R$ 3 mil, doada à Secretaria de Cultura, responsável pela recuperação da escultura, pelo Sindicato dos Petroleiros do Litoral Paulista (Sindipetro), e utilizada para a compra do material da empresa Mega Química, de Mauá.

O Marco Rodoviário Santos-São Vicente é uma criação dos escultores Ubirajara Ribeiro e Walter Maffei. Foi inaugurado em 26 de janeiro 1968.

 

Foto: Susan Hortas

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.