Conteúdo

Sobreviventes de Hiroshima estarão em Santos para o Dia da Luta pelo Desarmamento Nuclear

7 de agosto de 2019
17h 22

O Dia da Luta pelo Desarmamento Nuclear, nesta sexta-feira (9), será muito especial em Santos. Estarão na Cidade três sobreviventes ao ataque com bomba atômica na cidade japonesa de Hiroshima, que aconteceu no dia 6 de agosto de 1945, durante a Segunda Guerra Mundial, e vitimou cerca de 140 mil pessoas.

Takashi Morita, Kunihiko Bonkohara e Junko Watanabe estarão junto ao Monumento aos Imigrantes Japoneses, no emissário submarino, nesta sexta-feira (9), às 9h. O evento lembrará os ataques atômicos sofridos pela cidade onde os três viviam e também pela cidade-irmã de Santos, Nagasaki, que foi atacada da mesma forma no dia 9 de agosto de 1945, levando aproximadamente 70 mil pessoas à morte.

Quando o ataque aconteceu, Takashi era soldado e estava a 1,3km de distância do local onde a bomba caiu. Kunihiko tinha 5 anos e foi protegido pelo pai, que ficou ferido, e Junko tinha apenas 2 anos de idade e só foi saber onde estava no momento do ataque aos 38 anos, pois seus pais temiam preconceitos e represálias.

Os três retornam a Santos em 16 e 31 de agosto para palestra e apresentação de uma peça no Teatro Coliseu (veja informações abaixo).

Completam o evento, as apresentações da Dança de Odori, pelo Grupo HanayaguiOdoriNoKai, e dos alunos da UME Pedro II, que apresentam a música Paz (versão brasileira da banda Roupa Nova para Heal the World, composição de Michael Jackson).

Haverá ainda um minuto de silêncio em homenagem às vítimas dos ataques de 1945 e o abraço simbólico pela paz.

O evento é uma realização da Prefeitura em parceria com a Associação Japonesa de Santos e tem como objetivo a promoção da cultura da paz.

PREFEITOS PELA PAZ

A cidade de Santos faz parte, desde 2015, da Rede Internacional Prefeitos pela Paz, cujo atual diretor-executivo, que representa toda a América Latina, é o prefeito Paulo Alexandre Barbosa.

Doze santistas já fizeram intercâmbios no Japão, sem custos para o Município. “Eles foram qualificados profissionalmente, além de terem tido uma oportunidade indiscutível de crescimento pessoal também. Todos estão envolvidos com a missão 2020 da Rede, que defende o desarmamento nuclear e a disseminação da cultura de paz no mundo”, destaca Paula Quagliato, coordenadora de Assuntos Internacionais da Prefeitura.

 

TEATRO E PALESTRA

No próximo dia 16, às 20h, Junko Watanabe e Kunihiko Bonkohara proferem palestra gratuita na Universidade Santa Cecília (Rua Cesário Mota, 8 – auditório do Bloco E – 4º andar) ao lado de Rogério Nagai, idealizador do projeto Sobreviventes pela Paz e diretor da peça “Os Três Sobreviventes de Hiroshima”. A palestra será seguida de bate-papo com o público, com mediação do professor Alfredo Cordella e venda do livro "A última mensagem de Hiroshima", escrito por Takashi Morita. Inscrições podem ser feitas pela internet

Em 31 de agosto, às 20h, os sobreviventes protagonizam no Teatro Coliseu a peça “Os Três Sobreviventes de Hiroshima”. Eles dão os seus depoimentos sobre aquele momento e como sobreviveram. Ainda que trate de uma tragédia, a peça leva a uma reflexão sobre a paz, com uma forte mensagem de resiliência, perdão e superação.

A apresentação terá a participação do grupo musical Kyowa Daiko, de São Vicente. Ingressos custam R$ 60,00 (inteira) e R$ 30,00 (meia entrada) e podem ser adquiridos aqui, no dia da apresentação ou na Associação Japonesa de Santos (Rua Paraná, 129 – Vila Mathias) de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h e sábado, das 8h às 14h (pagamento com dinheiro).

 

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.