Conteúdo

Sítio Itabatatinga é opção de turismo na Área Continental de Santos

29 de março de 2019
15h 50
Em uma área gramada, com árvores e um playground ao fundo, mulher está montada sobre um touro mecânico. Uma das mãos segura no brinquedo e a outra está no alto. #Pracegover

Fontes de água potável, gruta, pomar, piscina, tirolesa, playground, campinho de futebol, além de áreas para piquenique e churrasco. Natureza, história e diversão encontram-se no Sítio Itabatatinga, na Área Continental de Santos, que aprimorou sua infraestrutura e está de portas abertas para receber visitantes.

Com cerca de nove hectares (90 mil m²), o local também está atraindo a atenção de estudantes, por conta da cultura negra, conforme explicou Claudevan Silva, 60 anos, responsável pelo sítio. Intitulando-se um ‘contador de histórias’, é ele quem faz a monitoria no Itabatatinga, cujo acesso é por via fluvial ou pela estrada Domênico Rangoni, sentido Cubatão, com entrada à direita no quilômetro 249, próximo à ponte sobre o rio Diana. “É a diversão atrelada à história. Faço questão de mostrar cada detalhe do lugar”, afirma.

O visitante é recepcionado em uma área com plantações e árvores frutíferas, além de uma piscina com água corrente. Há ainda criação de peixes e de animais, entre eles perus, gansos e galinhas. Após a parte rural, o tour segue rumo às antigas ruínas datadas do século 19, onde funcionou um engenho. No térreo da casa, há uma senzala, onde se encontram argolas de ferro utilizadas para prender os escravos.

TURISMO CONSCIENTE

 

Para completar o cenário, o sítio conta ainda com a Gruta Esteves, descoberta em 1915, e a Fonte dos Amores, de 1900, de onde flui água fresca e potável. Formada por rochas que sofreram erosão, a gruta tem cinco metros de altura.

O sítio também é espaço para atividades escolares de incentivo ao turismo ecológico e para o desenvolvimento de projetos de organizações não governamentais, a exemplo do Instituto Elos, projeto de educação social que ali realiza ‘jogos dos elementos’, com enfoque na natureza e músicas indígenas, prosseguiu Claudevan.

De acordo com Milene Correia, da seção de Serviços Turísticos da Setur (Secretaria de Turismo), o amplo espaço e as belezas naturais do local servem como incentivo ao turismo consciente. “Para quem gosta de estar em contato com a natureza, esse é um verdadeiro paraíso.”

O roteiro ecoturístico para o Sítio Itabatatinga custa R$ 400,00 para até 20 pessoas. O pacote inclui acesso a todo sítio e monitoria. As reservas devem ser feitas diretamente com Claudevan pelos telefones (13) 3352-3642 ou 99775-1948.

 

Fotos: Susan Hortas

Galeria de Imagens

Grupo de turistas conversa comum local em meio a área verde. #Pracegover
Turistas têm contato com a natueza
Sítio guarda equipamentos históricos. #Pracegover
Sítio guarda equipamentos históricos
Equipamentos antigos sobre um móvel de madeira
Sítio guarda equipamentos antigos
Tronco de jabuticabeira cheio de frutas. #Pracegover
Tronco de jabuticabeira cheio de frutos