Conteúdo
Notícias

Servidores de Santos participam de atividade sobre saúde mental e liderança

Publicado: 8 de novembro de 2021 - 14h50

O segundo encontro da atividade “Comunicação Interpessoal e Saúde Mental: o que a Liderança tem a ver com isso?" foi realizado nesta segunda-feira (8). Voltado às chefias da Prefeitura e servidores interessados, contou com a presença de 18 participantes de diversas secretarias municipais.

A atividade é realizada pela Coordenadoria de Medicina (Comed), da Secretaria de Gestão (Seges), e será desenvolvida ao longo de quatro encontros. O primeiro foi sobre o poder da escuta; já este segundo focou na Comunicação Não Violenta (CNV); o terceiro será a respeito de Mindfulness (pela ótica da Neurociência); o quarto e último sobre Psicologia Positiva.

As reuniões possibilitam a troca de experiências, desabafo e desenvolvimento de habilidades interpessoais que facilitam os relacionamentos dentro do ambiente de trabalho. “É um trabalho coletivo e preventivo em relação à saúde mental, que estimula a comunicação no ambiente de trabalho. É realmente um cuidado com o servidor”, explicou a psicóloga da Comed, Tatiana Gomes, responsável pelos encontros.

O grupo de conversa já está na sua terceira turma, sendo que as duas primeiras foram projetos-piloto que aconteceram de maneira interna. Segundo Tatiana, a demanda de inscrições para a primeira edição, pensada para apenas 15 participantes, foi muito alta, e por isso novas turmas precisaram ser abertas. “E será um trabalho contínuo, com oficinas sobre assuntos que vamos tratar durante essa atividade e alguns outros projetos coletivos”.

Melhorar no dia a dia

A servidora Thais Maximino, há 15 anos como funcionária da Prefeitura, se tornou chefe administrativa do Instituto da Mulher e Gestante, da Secretaria de Saúde (SMS), há nove meses. Com o novo cargo, sentiu que a atividade seria uma boa oportunidade de agregar ainda mais conhecimento sobre a prática da liderança. “Conhecimento nunca é demais e esse tipo de iniciativa é fundamental para o relacionamento com os funcionários. É uma oportunidade de a gente melhorar ainda mais nosso dia a dia”.

Já Larissa da Silva Cosme, que é servidora há 12 anos, atua como oficial administrativa na secretaria da UME Candinha Ribeiro de Mendonça (Jabaquara) há dois meses. Ela se inscreveu na atividade não só pelos conhecimentos em liderança, mas também pelo fato de considerar a saúde mental um tema de extrema importância. “Com a pandemia, esse é um assunto que precisa ser abordado o tempo todo. E a sensação que nós temos é de que mais pessoas deveriam participar, porque não são conhecimentos que são usados só no trabalho, mas na vida”.

Galeria de Imagens

servidores sentados em semi círculo #paratodosverem