Conteúdo

Secretário estadual de saúde endossa pedido de mais verbas para combate à dengue

14 de março de 2002
0h 00

Ganhou apoio do secretário do Estado da Saúde, José da Silva Guedes, a manifestação do executivo santista pelo aumento de recursos do Ministério da Saúde para o combate a epidemiologias e controle de doenças, entre as quais a dengue. A reivindicação aconteceu durante o Seminário de Controle da Dengue, realizado no último dia 1°, em Santos. O pedido teve a adesão do presidente do Conselho de Secretários Municipais de Saúde (Cosems), José Ênio de Servilha Duarte. Em recente reunião na Capital, a Secretaria municipal de Saúde, recebeu cópia do documento encaminhado a Brasília, pelo órgão estadual. Trata-se de ofício, assinado por José Guedes e pelo presidente do Cosems, que foi encaminhado no último dia 7, ao presidente da Fundação Nacional de Saúde – FNS/MS, Mauro Ricardo Machado Costa. No documento, é pleiteada a inclusão de São Paulo na Região Sudeste para efeitos epidemiológicos, pois o Estado esta equiparado, para esse fim, à Região Sul (nível III), recebendo volume menor de recursos. Atualmente, a verba per capita repassada fica em torno de R$ 2,05 por habitante. Com a mudança de extrato III para extrato II, haveria uma aumento de 37% no valor per capita. Santos recebe pelo convênio PPI-ECD - Programação Pactuada Integrada-Endemias e Controle de Doenças, cerca de R$ 880 mil por ano, para tratar de 42 doenças, incluindo a dengue. O objetivo é alcançar aumento de quase 40% nesses recursos, luta na qual ingressou pessoalmente o secretário de Estado José Guedes.

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.