Conteúdo

Seas e ONG se unem para combater o trabalho infantil

9 de outubro de 2013
16h 35

A Seas (Secretaria de Assistência Social) assina sexta-feira (10), às 9 horas, no Creas Centro (rua Campos Sales, 128) convênio com a ONG Estrela do Mar para promover o combate ao trabalho infantil. A data foi escolhida por ser Dia da Criança e a intenção da iniciativa é justamente proteger o direito à infância. O contrato deve durar até dezembro de 2014.

O vice-presidente da Estrela do Mar, Edmir Santos Nascimento, diz que duas assistentes sociais já foram contratadas e oito operadores sociais estão sendo selecionados. A equipe vai passar por treinamento e na última semana deste mês inicia as atividades.

A primeira medida será mapear onde crianças e adolescentes são explorados. A ação tem como alvo principal os malabares, guardadores de carros, vendedores de doces e ambulantes. Após o mapeamento, as ações serão discutidas com técnicos do Creas (Centro de Referência Especializado de Assistência Social) e outros profissionais da Seas. “A princípio esses jovens devem ser inseridos em programas de proteção oferecidos pela prefeitura”, afirma Edmir.

A secretária de Assistência Social, Rosana Russo, classifica como um desafio combater o trabalho infantil, inclusive porque o perfil mudou. “Hoje a maioria não busca dinheiro para auxiliar o sustento da família, mas para adquirir celulares, tênis, roupas. O trabalho é amplo e visa atingir a criança e o adolescente, a família e conscientizar a sociedade".