Conteúdo

Saúde realiza bloqueio ampliado contra o sarampo em bairro de Santos

27 de agosto de 2019
14h 43

A Secretaria de Saúde de Santos realiza nesta quarta (28), a partir das 14h, bloqueio vacinal ampliado em quadra do bairro Embaré, onde mora a criança de 7 anos que teve caso de sarampo confirmado pelo Instituto Adolfo Lutz, laboratório de referência do governo estadual.

A ação percorrerá 180 imóveis localizados na Avenida Afonso Pena (números 310 ao 336), Praça Coronel Fernando Prestes (50 e 52), Rua Liberdade (261 ao 291) e Rua Greenhalgh (7 ao 19), onde residem cerca de 550 pessoas.

Todas as pessoas da área receberão a vacina contra o sarampo, caxumba e rubéola (SCR), com exceção de bebês menores de seis meses, gestantes e pessoas que já tomaram a dose nos últimos 30 dias. O indicado é que todos os moradores já separem as suas carteiras de vacinação e de seus filhos para a checagem dos profissionais de Enfermagem e registro da aplicação das doses.

CIDADE DE SANTOS

Após a confirmação deste novo caso de sarampo, a Secretaria de Saúde de Santos realizou na tarde de segunda (26) e manhã desta terça (27) a vacinação de alunos da escola Cidade de Santos, também no Embaré, onde a criança estuda. Um total de 320 crianças já foram vacinadas. Na noite desta terça (27), a vacinação será voltada para 80 estudantes do período.

No último dia 13, a partir da suspeita da doença na criança, houve o bloqueio vacinal nos familiares próximos. Também foi realizado bloqueio vacinal com os colegas da mesma sala de aula e professores, com a aplicação de 57 doses da vacina. Toda ação na escola contou com apoio do Programa Saúde na Escola (PSE), parceria da Saúde e Educação, além da direção e profissionais da unidade de ensino. A criança passa bem e ficou em isolamento social no período de manifestação de sintomas.

Santos tem agora seis casos confirmados de sarampo entre residentes do Município e 21 suspeitos em investigação. Para ajudar a conter o avanço da doença, a partir do surto ocorrido no navio de cruzeiro no início deste ano, foram realizados pela Prefeitura bloqueios vacinais no Porto de Santos e área urbana, além de uma ampla campanha de vacinação nos meses de fevereiro e março, com apoio do Ministério da Saúde e Secretaria de Estado da Saúde.

Santos já aplicou quase 130 mil doses da vacina no ano

Em 2019 (janeiro a agosto), foram aplicadas em Santos mais de 129 mil doses da SCR, contra 26.272 no ano de 2018 (janeiro a dezembro) e 12.482 em 2017 (jan-dez), o que representa quase cinco vezes mais em oito meses deste ano do que em todo o ano passado (12 meses).

A vacina está disponível em 29 policlínicas para a campanha preventiva voltada a bebês de seis meses a menores de um ano (dose D ou zero) e na rotina do Calendário Nacional de Imunização, que prevê uma primeira dose aos 12 meses de vida e a segunda dose aos 15 meses.

Desde o dia 12 de agosto, já foram vacinadas mais de 900 crianças do público-alvo. A meta é imunizar 2 mil crianças. Já as demais pessoas devem observar nas carteiras de vacinação se têm o número de doses previsto. Quem tem até 29 anos de idade deve ter tomado durante a vida duas doses da vacina; de 30 a 59 anos, pelo menos uma dose; acima de 60 anos, não precisa ter tomado a vacina pois já teve contato com o vírus.

FUNCIONAMENTO

As policlínicas realizam a vacinação de segunda a sexta, das 9h às 16h. Quatro unidades também abrem aos sábados, no mesmo horário, dentro do programa Mais Atenção Básica. São elas as policlínicas Aparecida (Av. Pedro Lessa, 1.728), Bom Retiro (Rua João Fraccaroli s/n°), Vila Mathias (Rua Xavier Pinheiro, 284) e Nova Cintra (Rua José Ozéas Barbosa s/n°). É indicado levar documento de identidade com foto ou certidão de nascimento (no caso de crianças), além do Cartão SUS e carteira de vacinação.

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.