Conteúdo
Notícias

Santos vai receber eventos organizados por fundação estatal alemã e unesp

Publicado: 11 de fevereiro de 2004
0h 00

Um curso de pós-graduação, em nível de mestrado, para capacitação de empresários em exportação será o primeiro de uma série de eventos que a Fundação Steinbeis, da Alemanha, e a Universidade Estadual Paulista (Unesp) estarão realizando em Santos, em parceria com a Prefeitura. Para começar a discutir a programação, estiveram nesta quarta-feira (11) com o representante do executivo membros da entidade alemã e da instituição de ensino. Em abril, deverá acontecer o lançamento do curso. Na oportunidade, também serão divulgados detalhes sobre os próximos: a Feira de Exportação, o Fórum Mundial de Mobilidade, para discutir as grandes questões relacionadas a transportes, e o Treinamento de Condutores de Veículos, que ocorrerão entre o primeiro e segundo semestre do próximo ano. Instituição estatal, a Fundação Steinbeis, conforme seu diretor, Weerner G. Faix, desenvolve vários projetos visando a transferência de tecnologia. Em parceria com a Unesp, a Steinbeis tem trazido ao País grupos de empresários para visitar cidades brasileiras, entre elas Santos, objetivando o conhecimento da economia nacional e buscando intensificar as relações comerciais entre Brasil e Alemanha. Cerca de 160 alemães já participaram do programa, conforme informou. Da mesma forma, a proposta do curso a ser realizado no Município é treinar profissionais e lideranças empresariais, objetivando o aumento da exportação de produtos e serviços brasileiros para a Alemanha e a União Européia. Terá duração de dois anos. Conforme ao professor da Unesp, Nazem Nascimento, representante da fundação no Brasil, já foram iniciados os contatos com empresas e entidades na Cidade com vistas à realização do curso. A escolha de Santos para receber estes e os demais eventos, destacou ele, é conseqüência do fortalecimento da relação entre a Universidade e a região. Pela instituição também esteve na reunião Eli Celice Dias, assessor do reitor José Carlos Souza Trindade.