Conteúdo
Notícias

Santos triplica fabricação de placas e revitaliza sinalização de corredores de trânsito  

Publicado: 2 de outubro de 2021 - 10h07
PORTAIS

Um novo projeto foi iniciado em Santos para  aumentar a segurança viária e, consequentemente, reduzir ainda mais os acidentes de trânsito na Cidade. Trata-se de programa para revitalização de toda a sinalização vertical dos principais corredores de tráfego. Até o momento, mais de 700 placas já foram substituídas em importantes vias de ligação entre bairros, número alcançado pelo aumento da produtividade da fábrica própria em mais de três vezes.

Na etapa mais recente do programa realizado pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET-Santos), dois corredores foram contemplados. Os formados pelas ruas Azevedo Sodré, Amilcar Mendes Gonçalves e Bento de Abreu e o das ruas Galeão Carvalhal e Governador Pedro de Toledo. No total, foram trocadas 152 placas de regulamentação e advertência. Os trabalhos nesses locais foram concluídos na última quinta-feira (30).

Neste mês de outubro, será a vez da orla, com as avenidas Presidente Wilson, Vicente de Carvalho e Bartolomeu de Gusmão. Em novembro, as avenidas Saldanha da Gama e Samuel Augusto Leão de Moura, além da Avenida Epitácio Pessoa e Rua Guaiaó. Já para dezembro, será atendido o circuito composto pelas ruas Conselheiro Ribas e Conselheiro Lafayette.

TRÊS VEZES MAIS

O presidente da CET, Antonio Carlos Silva Gonçalves, enfatiza que o propósito do programa é renovar toda a sinalização vertical, a partir dos corredores com grande fluxo de tráfego. “É uma revitalização completa. Estamos inspecionando cada uma das placas e substituindo por novas. A maioria delas já apresentava problemas, seja por desgaste natural ou ação de vandalismo”.

Conforme ressalta, o objetivo é facilitar a visualização pelos motoristas e, assim, contribuir para a segurança geral dos usuários do sistema viário. Ele salienta, ainda, que o novo material de sinalização é todo produzido na fábrica de placas da própria companhia, que foi reestruturada.

Antes, o setor confeccionava 20 placas novas por dia, hoje está apto a fazer de 60 a 70 diariamente, agilizando a execução dos serviços e com economia para a empresa, ressalta.

MAIS RESULTADOS

De acordo com o gerente de Sinalização Viária, Renato Carvalho, houve a reforma do espaço da fábrica, além da modernização do mobiliário e dos equipamentos. Ele também ressalta que a programação de implantação de projetos de sinalização definida antecipadamente contribuiu para o melhor planejamento da unidade e a produção foi triplicada. “ Agora temos condições de atender às demandas imediatas do dia a dia e também dar andamento ao programa de revitalização”.

Antes da reestruturação promovida na fábrica, que agora resulta em maior produção, a substituição de todas as 36 mil placas de sinalização existentes na Cidade demandaria até seis anos, porém o objetivo da companhia é concluir os trabalhos em até três anos.

Outros corredores já contemplados são: Av. Rangel Pestana, Av. Waldemar Leão, Praça André Freire/R. Prudente de Moraes, Av. Eng. Luis La Scala Junior, Av. Cláudio Luiz da Costa, Av. Floriano Peixoto, Rua Frei Francisco Sampaio e Rua Jurubatuba.

 

Galeria de Imagens

esquina de rua com placa de pare e outra indicando o sentido de direção. #paratodosverem
placa de proibido estacionar junto a poste que tem arte em grafite na parte de baixo. #paratodosverem
homem uniformizado trabalhando sobre chapas e diante de várias placas de proibição de estacionamento. #paratodosverem
homens escolhem adesivos de tipos para serem usados nas placas de sinalização. #paratodosverem
homem está atrás de mesa onde há várias placas. No chão também estão várias delas empilhadas em pé. #paratodosverem
homem trabalham em máquina onde passa uma especie de plástico para ser usado nas placas. #paratodosverem