Conteúdo

Santos terá Observatório de Inovação Econômica para ampliar ações como Cidade Criativa

14 de fevereiro de 2017
13h 06

Santos foi reconhecida no final de 2015 como Cidade Criativa no campo de cinema, na rede internacional da Unesco. Além do audiovisual, o Município quer ampliar suas ações também nos outros seis núcleos de economia criativa (artesanato e arte popular, design, gastronomia, literatura, tecnologia e música), contribuindo assim para o desenvolvimento econômico, social e urbano.

Para atingir este objetivo, a Prefeitura vai lançar o Observatório de Inovação Econômica, na quinta-feira (16), às 15h, na Sala de Situação, durante a primeira reunião do Comitê Santos Cidade Criativa, criado pelo decreto 7.518/2016 e que integra representantes de onze pastas da Administração.

Na ocasião, o secretário de Governo, Rogério Santos, vai apresentar o funcionamento do acompanhamento das questões relacionadas à inovação e economia criativa e o estudo preliminar sobre os setores no Município.

Indicadores

O Observatório reunirá cerca de 20 indicadores e dados estatísticos, entre eles informações extraídas de sistemas públicos, como a Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) do Ministério do Trabalho e Emprego.

O trabalho segue os parâmetros apresentados pela Unesco durante encontro da Rede de Cidades Criativas realizado na Suécia, em 2016, e contará com grupo técnico curador composto por cinco integrantes das secretarias de Governo, Cultura e Finanças.

Estes gestores ficarão responsáeis por elaborar, analisar e supervisionar o conteúdo do Observatório, zelando pela finalidade de embasar as políticas públicas e o Plano Municipal de Inovação Econômica.

O levantamento também será posteriormente apresentado para conselhos municipais, universidades, pesquisadores e empreendedores do setor e, após a coleta de sugestões, disponibilizado no site Santos Cidade Criativa.

Desenvolvimento

Dentro das ações para desenvolver a geração de empregos e negócios relacionados à economia criativa, a Prefeitura criou recentemente o Escritório de Inovação Econômica (decreto n° 7.639/2017). O comando do setor está a cargo de Niedja Santos, ex-secretária adjunta municipal de Desenvolvimento Econômico e Inovação, que coordenou o grupo de trabalho responsável pela inscrição de Santos na Rede de Cidades Criativas da Unesco.

O escritório conta com o suporte das coordenadorias de Economia Criativa e da Santos Film Comission.

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.