Conteúdo

Santos segue com 104 casos confirmados de Covid-19

5 de abril de 2020
18h 10

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) não recebeu, neste domingo (5), notificação de resultado positivo de Covid-19 em moradores de Santos. Desta forma, a Cidade continua com 104 confirmações da doença entre residentes.

Já o número de munícipes internados por sintomas de Covid-19 passou de 112 para 114. Não houve alteração no total de pacientes registrados em leitos de Unidade de Terapia Intensiva – UTI (28). De acordo com as notificações recebidas pela Seção de Vigilância Epidemiológica (Seviep) de Santos, há 190 pessoas internadas com sintomas de Covid-19 em hospitais de Santos (públicos e particulares), entre moradores de Santos e de outras cidades.

Os casos suspeitos da doença em residentes também tiveram um pequeno acréscimo. Até sábado (4), eram 407 em acompanhamento aguardando resultados laboratoriais para confirmação ou descarte de Covid-19.

Neste domingo (5), foram informados mais dois casos suspeitos, totalizando 409.

ÓBITOS

A Seviep investiga 18 mortes suspeitas de residentes de Santos por Covid-19 e outras 15 de moradores de outras cidades, que ficaram internados na rede de saúde do Município (hospitais públicos e privados). Até o momento, houve quatro confirmações da doença entre residentes que morreram, sendo todos homens, com idades de 74, 75, 79 e 89 anos.

COSTA FASCINOSA

Devido à suspeita de infarto, um médico do navio Costa Fascinosa, que está em quarentena no Porto de Santos, precisou ser removido para atendimento hospitalar de urgência. O homem, de 70 anos, de origem italiana, foi levado na noite de sábado (4) para hospital filantrópico da Cidade (atendimento privado), e encontra-se no Centro de Tratamento Intensivo (CTI). Outros nove tripulantes da embarcação estão internados no mesmo hospital, sendo que sete deles já tiveram a confirmação de Covid-19. A Anvisa, órgão federal responsável pelo controle sanitário no Porto de Santos (área da União), informou a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) sobre o caso, seguindo a decisão liminar da Justiça Federal, obtida pela Prefeitura para evitar o colapso do sistema de saúde local se houver avanço dos casos de Covid-19 na embarcação. A SMS autorizou a remoção do tripulante devido à gravidade do caso e risco de morte.

Há, ainda, 679 tripulantes no navio. A decisão judicial impede o desembarque de tripulantes do transatlântico, sendo permitido apenas em situações de atendimento médico de urgência. Em outras situações (não urgentes), o tripulante deve ser preferencialmente encaminhado a hospitais de referência da Capital ou outro local habilitado. Também é permitido o desembarque para os tripulantes que comprovarem documentalmente que farão conexão de retorno ao país ou cidade de origem.

Neste domingo (5), 75 tripulantes brasileiros sem sintomas de Covid-19 foram autorizados pela Anvisa a sair do navio para retorno aos seus municípios. O desembarque acontece de acordo com os horários dos voos ou dos ônibus e vans (fretados). O transporte é de forma direta, da porta do navio até o aeroporto ou domicílio.

Evolução dos casos entre residentes de Santos 

  • Confirmados: 104
  • Suspeitos: 409
  • Total de pacientes internados: 114 (28 em UTIs)
  • Pacientes com alta hospitalar: 41
  • Descartados: 103 (até 5/4)
  • Óbitos confirmados: 4 (18 em investigação)

 

Clique na imagem para ver o gráfico completo.

 

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.