Conteúdo
Notícias

Santos renova contrato com hospital de campanha

Publicado: 28 de abril de 2021 - 16h36

INVESTIMENTOS DO MUNICÍPIO

O Hospital Vitória (Rua Rio de Janeiro, 19, Vila Belmiro) continuará funcionando como unidade de campanha para atendimento de pacientes com covid-19. A manutenção está prevista em mais uma renovação de contrato, assinado entre Prefeitura e o UnitedHealth Group Brasil, controlador da operadora Amil e do grupo médico-hospitar Americas, válido até o fim de junho.

A unidade começou a funcionar para essa finalidade em maio do ano passado, sendo que, nesse período, foram internados 1.182 pacientes, dos quais 381 em leitos de UTI. 

Sem pagar pelo aluguel do imóvel, como prevê o contrato de comodato, a Prefeitura fica responsável pelo custeio do funcionamento do serviço, cuja gestão é compartilhada com o Instituto Social Hospital Alemão Oswaldo Cruz. Atualmente, 100 leitos estão em operação no Hospital Vitória, dos quais 60 são de UTI.

“A renovação desta parceria é muito importante para o Município, visto que a pandemia continua e esses leitos são essenciais para garantir o atendimento. Em Santos, ninguém ficou sem assistência hospitalar. O Hospital Vitória presta um serviço de qualidade e já ajudou a salvar muitas vidas. Santos optou por abrir leitos de campanha em unidades de saúde e o UnitedHealth Group Brasil é parte essencial dessa estratégia que está dando certo desde o início da pandemia de covid-19”, destaca Adriano Catapreta, secretário municipal de Saúde.

“Estamos sempre buscando formas de contribuir para apoiar o combate à pandemia, seja com uma parceria que possa aumentar a capacidade do Sistema Único de Saúde ou com outras iniciativas. E, por meio desse comodato, muitas pessoas puderam receber o atendimento adequado no combate à covid-19”, reforça José Carlos Magalhães, CEO do UnitedHealth Group Brasil, companhia que, desde o início da pandemia, já realizou doações que representam perto de R$ 40 milhões a diferentes projetos de responsabilidade social no País.

Intervenções

A Prefeitura de Santos investiu quase R$ 5 milhões nas adequações do imóvel, rede de gases e na compra de equipamentos e leitos hospitalares para iniciar as atividades no Hospital Vitória, em maio de 2020. O custo é cerca de 10 a 30 vezes menor do que seria necessário caso o Município optasse pela construção de um novo hospital ou pela montagem com estruturas provisórias em ginásios e estádios, por exemplo.

As intervenções realizadas pela Prefeitura nos oito andares do imóvel permitiram ampliar em três vezes o número de leitos. Após a pandemia, os aparelhos e leitos adquiridos para equipar a unidade de campanha serão aproveitados em outros equipamentos públicos de saúde.