Conteúdo

Santos recebe peças que protegem pacientes e médicos de contágio pelo coronavírus

17 de abril de 2020
19h 22

Para atendimento a pacientes de covid-19, dez cubos de acrílico e 30 câmaras compostas de PVC e plástico transparente foram doados, nesta sexta-feira (17), à Secretaria Municipal de Saúde (SMS) pelo terminal de granéis T-Grão.

Encaminhadas a enfermarias e Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) da rede pública municipal, as peças formam uma espécie de cápsula sobre os leitos, aumentando a proteção ao contágio de equipes médicas e pessoas internadas com outras enfermidades. O projeto surgiu por iniciativa do médico Fleuri Gomes de Melo Filho, que atua na Beneficência Portuguesa, por meio do diretor do terminal Antonio Braz, e foi inspirado em equipamentos semelhantes confeccionados e destinados ao atendimento público no estado do Amazonas, relata Vinícius Pina, presidente da T-Grão. “Importamos a ideia desses projetos, que foram publicados na internet e receberam elogios no Ministério da Saúde. Achamos interessante e começamos a produzir”, conta, explicando que o material foi avaliado e aprovado por profissionais de UTIs de hospitais particulares da Cidade. 

A confecção, segundo ele, ocorre numa loja de móveis planejados pertencente à própria família. “É um espaço adequado, com os equipamentos necessários. Então, aproveitamos para produzir”, diz, detalhando também os custos de fabricação. “O cubo de acrílico é peça mais cara, porque que demanda uma usinagem, chegando a cerca de R$ 500. Já as câmaras de PVC não chegam a R$ 300”.

FUNÇÃO

As câmaras de PVC e plástico auxiliam na contenção do oxigênio exalado pelos pacientes, reduzindo as chances de contágio por outros internados, explica Christiane Porto, coordenadora do Pronto-Socorro da Zona da Orla e Intermediária (PS-ZOI) e do Hospital de Pequeno Porte (HPP) Central. Já o cubo de acrílico (com dois orifícios para passagem dos braços), segundo ela, resguarda médicos e enfermeiros durante um dos procedimentos de maior proximidade com a pessoa atendida. “É ótimo para proteger o profissional de saúde durante a intubação”.

UNIDADES

As peças doadas foram distribuídas entre quatro unidades: Unidade de Pronto Atendimento Central (UPA Central), Unidade de Pronto Atendimento da Zona Noroeste (UPA-ZNO), Pronto-Socorro da Zona da Orla e Intermediária (PS-ZOI) e Hospital de Pequeno Porte (HPP) Central.

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.