Conteúdo
Notícias

Santos não terá queima de fogos no réveillon para manter redução dos casos de covid

Publicado: 18 de outubro de 2021 - 18h25

A tradicional queima de fogos das viradas de ano na orla da praia de Santos não será realizada na passagem para 2022. A decisão tem como objetivo manter a redução dos casos de covid-19 na Cidade. Será dada permissão somente para eventos com público controlado (com portaria e bilheteria), conforme a recomendação de especialistas da área de infectologia.

“No ano passado, estávamos passando por um momento de declínio da pandemia, com números razoáveis como os de agora. E o que tivemos nos meses seguintes foi o aumento de casos, com uma segunda onda surgindo”, relembra o prefeito Rogério Santos, defendendo a retomada do evento no futuro.

“Vamos aguardar para, no outro ano, fazer o réveillon de maneira mais segura, pois nossa queima de fogos é a segunda maior do País, com 1,5 milhão de pessoas na faixa de areia”.

EVENTOS COM ACESSO CONTROLADO

Durante a temporada de verão, serão permitidos eventos de acesso controlado, com limitação da quantidade de pessoas, utilização obrigatória de máscara facial e disponibilização de meios para higienização das mãos. A apresentação do comprovante de vacinação contra a covid-19 não será obrigatória, ficando a critério dos organizadores de cada evento.

Por enquanto, não há previsão de novas barreiras sanitárias nas entradas da Cidade.

CARNAVAL

O desfile das escolas de samba será realizado, nos dias 18 e 19 de fevereiro de 2022, caso seja autorizado pelas autoridades sanitárias, em obediência ao Plano SP, gerido pelo Governo do Estado.

Já as bandas carnavalescas que circulam pelos bairros seguirão vetadas, devido à tendência de aglomeração de foliões.