Conteúdo

Santos homenageia o bicentenário da independência da Grécia com iluminação especial

24 de março de 2021
18h 56
viaduto iluminado em azul #paratodosverem

Sob o lema "Liberdade ou Morte", os gregos produziram uma revolução que gerou a independência do país após o domínio do império otomano, no dia 25 de março de 1821. Duzentos anos depois, a data será celebrada em várias partes do mundo e em Santos não será diferente.

A pedido do cônsul geral da Grécia em São Paulo, Dimitrios Markakis, e em homenagem aos cerca de 700 descendentes que vivem na Baixada Santista, será feita uma iluminação especial em azul e branco (cores da bandeira da Grécia) na fachada do Paço Municipal; no Viaduto Paulo Gomes Barbosa, na Nova Entrada de Santos, e ao longo do canteiro central da Avenida Ana Costa.

IMIGRANTES E INFLUÊNCIA

Grande parte dos imigrantes gregos veio para Santos após a Primeira Guerra Mundial, entre 1918 e 1924, para trabalhar como marinheiros e aduaneiros. Durante e depois da Segunda Guerra, cerca de três mil desembarcaram em Santos, São Vicente, São Paulo, Rio de Janeiro, Vitória (ES), Curitiba (PR) e Porto Alegre (RS).

Santos exibe a influência grega, especialmente na arquitetura. Verificam-se construções com enormes colunas como a Bolsa do Café e a estrutura de arco com vigas no canteiro central da Avenida Bartolomeu de Gusmão, próximo ao Aquário. No local, antes da pandemia, eram realizadas danças do grupo Apolo de Danças Gregas (fundado em 2000 e parceiro da Associação Helênica de Santos).

Em outubro de 2019, o grupo foi atração durante o 1º Festival do Imigrante, realizado pela Prefeitura de Santos.

Fotos: Anderson Bianchi

Galeria de Imagens

viaduto iluminado em azul #paratodosverem
paço iluminado em azul #paratodosverem