Conteúdo

Santos ganha primeiro centro de excelência portuária do país

28 de outubro de 2008
0h 00

Os trabalhadores do maior porto da América Latina - responsável por 27% do PIB (Produto Interno Bruto) nacional - ganharam o primeiro Centro de Excelência Portuária do país. As instalações do Cenep – Santos foram inauguradas na última segunda-feira (27), em cerimônia que contou com a presença do ministro da Secretaria Especial de Portos (SEP), Pedro Britto, entre outras autoridades que lotaram o auditório do Ogmo (Órgão Gestor de Mão-de-obra). Conforme o ministro, a intenção é que o Cenep-Santos torne-se uma referência internacional, a exemplo do ‘College de Roterd㒠– universidade portuária da Holanda, inclusive com simuladores e pátios de treinamento. Não há melhor modo de envolver as pessoas do que pela via do treinamento, da preparação e do enriquecimento do trabalho, ponderou. Já o presidente do Sintraport (Sindicato dos Operadores e Trabalhadores Portuários), Robson de Lima Apolinário, disse que o momento deveria ser comemorado como único. A questão portuária se movimenta de tempos em tempos, de solavancos. Tivemos a criação da Secretaria Municipal de Assuntos Portuários e na esfera federal, da Secretaria Especial de Portos, mas faltava o treinamento, a formação, a qualificação. Para Rodinei Oliveira da Silva, presidente do Sindicato dos Estivadores, "estamos sentindo um gosto de justiça social com a implementação do artigo 32 da Lei de Modernização dos Portos, que em 1993 não tivemos a oportunidade de sermos ouvidos. Todos os equipamentos que aqui chegaram, o trabalhador aprendeu no dia-a-dia. Não teve ninguém para ensinar". PORTARIA 26 Atendendo reivindicação de sindicalistas, o ministrou assinou, durante entrevista coletiva à imprensa, documento suprimindo o artigo 3º da Portaria 26 da SEP, que regulamenta os centros de qualificação portuária, entre eles o Cenep. O item permitia que profissionais não cadastrados aos ogmos, mas eventualmente habilitados pelas unidades, pudessem pleitear o direito de atuar como trabalhadores avulsos em portos do país. Ao saber da supressão, o presidente do Sintraport prometeu retirar o processo judicial contra a Portaria 26.

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.