Conteúdo

Santos faz mega-ação educativa contra a dengue na orla

24 de janeiro de 2020
17h 25

Uma mega-ação educativa na orla será realizada neste domingo (26), das 9h às 13h, para alertar sobre o combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor dos vírus que causam a dengue, zika, chikungunya e febre amarela urbana.

Na Praça das Bandeiras (Gonzaga), a Secretaria Municipal de Saúde manterá uma grande barraca inflável com amostras do inseto em todas as suas fases: ovo, larva, pupa e adulta. As crianças ganharão bolas alusivas à campanha de combate ao Aedes aegypti.

Já no cruzamento das avenidas Vicente de Carvalho e Ana Costa será realizado pedágio, com faixa, distribuição de lixeiras para carro e material educativo.

Além disso, os agentes de controle de endemias percorrerão toda a faixa de areia para orientar e distribuir material que mostra como evitar e eliminar criadouros do inseto. Ao todo, a ação mobilizará 40 agentes. Em caso de chuva, a programação será cancelada.

“Neste período de calor intenso e maior circulação de pessoas na Cidade, devido à temporada de verão, o reforço das ações de conscientização é ainda mais necessário”, afirma Liseane Quadros, chefe do grupo de Informação, Educação e Comunicação, da Secretaria de Saúde.

Neste ano, três casos de dengue foram confirmados em Santos. Em 2019, a Cidade registrou 145 casos desta doença, 14 de chikungunya e um de zika. A febre amarela urbana não é registrada no Brasil desde a década de 1940.