Conteúdo

Santos envia pedidos de verbas para obras urgentes em morros

17 de março de 2020
16h 29

O município de Santos oficializou, neste domingo (15), os pedidos de auxílio financeiro aos governos estadual e federal para a realização de obras emergenciais nos morros São Bento, Santa Maria, Cachoeira, Fontana, Pacheco, Marapé, Penha, Jabaquara e em equipamentos públicos afetados pelas chuvas.

A lista das intervenções é resultado de levantamento realizado pela Defesa Civil de Santos que priorizou as urgências. Dessa forma, as solicitações feitas neste momento são consideradas ‘nível zero’, ou seja, necessitam começar o mais rápido possível.

Ao governo do Estado de São Paulo foram encaminhadas seis indicações de obras de restabelecimento, no valor total R$ 14.882.963,18 – pouco menos que os R$ 15 milhões prometidos pelo Estado ao Município. Essas intervenções precisam ser concluídas em até seis meses, contados a partir de 3 de março.

Já ao governo federal, via Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (ligada ao Ministério do Desenvolvimento Regional), foram listadas 22 obras, sendo nove em prédios municipais e 13 em áreas públicas, perfazendo R$ 43.449.359,22. Estas intervenções também precisam ser concluídas em seis meses, mas contadas a partir da liberação da verba pela União.

Neste momento, os pedidos estão sob análise dos entes da federação acionados. Outras 21 intervenções também foram levantadas pela Defesa Civil e entrarão em um próximo pedido de auxílio junto ao governo federal.

Na última quinta-feira (12), a Defesa Civil de Santos já havia solicitado verba à União para adquirir 450 doses de vacina contra a hepatite B e 450 doses de vacina dupla adulto, mais os insumos para aplicação, além de 900 colchões, 550 cestas básicas e kits de higiene pessoal.