Conteúdo

Santos distribuirá cestas básicas vindas do Estado. Lista de famílias está em site

26 de maio de 2020
13h 07

Mais de 8 mil cestas básicas serão distribuídas no Município, a partir desta quarta-feira (27), a famílias em situação de extrema pobreza, com renda per capita de até R$ 89,00 e inscritas no Cadastro Único (CAD Único).

Trata-se da ‘Ação Alimento Solidário’ do Governo do Estado, em parceria com a Prefeitura de Santos. A iniciativa visa a garantia da segurança alimentar da população em situação de extrema pobreza, considerando que, dadas às condições de vida, elas são as mais afetadas pelas adversidades ocasionadas pela covid-19.

A relação de nomes, locais, dias e horários para o recebimento das cestas pode ser conferido no hotsite da ‘Ação Alimento Solidário’. As beneficiadas foram selecionadas pela Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social. As cestas serão entregues pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Seds) em dez pontos da Cidade e em horários fixos, a fim de evitar aglomerações nos locais. Somente serão distribuídas para quem estiver na listagem do Governo do Estado.

A Seds orienta que a pessoa não procure os pontos de distribuição antes de verificar se o seu nome está na lista, uma vez que não serão dadas essas informações nos locais. Quem está no Cadastro Único com este perfil de renda e não localizou seu nome na listagem deve entrar em contato pelos seguintes telefones: 3221-6921, 3291-6279, 3203-2116, 3225-8085 e 3223-5473.

ENTREGA

A entrega será feita mediante apresentação de documento com foto e assinatura do beneficiário (RG, Carteira de Trabalho ou CNH). Para pessoas idosas, acamadas, com dificuldade de mobilidade ou consideradas do grupo de risco será permitida a retirada da cesta por outra pessoa, apresentando RG próprio e da referência.

Como medida de prevenção ao enfrentamento do coronavírus, é solicitado que, na retirada da cesta básica, compareça apenas uma pessoa e usando máscara. Caso tenham mais pessoas no local, manter a distância mínima de um metro. Outra orientação é respeitar o horário de entrega para evitar aglomerações.