Conteúdo

Santos apresenta Processos Digitais em fórum da Microsoft

14 de março de 2018
18h 22

A Prefeitura apresentou o caso de sucesso dos Processos Digitais no Microsoft Technology Center, evento realizado terça-feira (13) em São Paulo.

A equipe da Coordenadoria de Tecnologia da Informação (COTI), do Departamento de Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicações (Detic), da Secretaria de Gestão, apresentou o funcionamento do projeto e como sua execução estratégica planejada simplifica a burocracia e o trâmite dos processos, economizando tempo e recursos, além de proporcionar maior agilidade e produtividade nas tarefas mapeadas e com fluxos automatizados.

O fórum reuniu especialistas de outros municípios e Estados, como Rio de Janeiro, Bahia e Minas Gerais, que compartilharam conhecimentos através workshops, painéis e seminários, com o objetivo de apresentar soluções, conceitos, modelos de desenvolvimento sustentável e indicadores de qualidade para cidades inteligentes, visando aumentar a satisfação e diminuir as dificuldades dos cidadãos com os serviços públicos, por meio de projetos de transformação digital com o uso da tecnologia e inovação.

O Projeto

A Prefeitura implantou o sistema em junho de 2015 e, até o momento, mais de 111.000 processos já foram abertos de forma eletrônica, reduzindo em até 85% o tempo de tramitação entre os setores municipais e proporcionando uma economia de cerca de R$ 1,8 milhão aos cofres públicos com a eliminação do uso de papel, impressão, além do transporte e armazenamento de arquivos físicos.

Premiado

No final de 2015, o projeto foi reconhecido com o Prêmio Mundial para Excelência em Gerenciamento de Processos de Negócios e Fluxos de Trabalho (Global Awards for Excellence in BPM & Workflow), uma iniciativa da WfMC (Coalizão em Gestão de Workflow) - organização sem fins lucrativos formada por empresas, usuários, analistas, acadêmicos e universidades para reconhecer as organizações que se destacam com soluções inovadoras para atender objetivos estratégicos de negócios, especialmente os fluxos de trabalho que se estendem além dos limites corporativos e apoiam cidades, clientes, fornecedores e parceiros comerciais.

 

Foto: Marcelo Martins