Conteúdo

Reunião aborda a situação de Santos após o fim da pandemia

29 de abril de 2020
20h 21

Como ficará Santos após a pandemia de covid-19? Essa foi a questão debatida nesta quarta-feira (29) em videoconferência promovida pela Fundação Parque Tecnológico de Santos (FPTS) com participação de representantes dos setores de comércio, turismo, tecnologia e empreendedorismo.

Pela Prefeitura, o secretário de Governo, Rogério Santos, expôs o planejamento de normas e incentivos fiscais para a retomada econômica do Município. Chefe do Departamento de Ciência, Tecnologia e Informação da FPTS, Cláudia Sodero detalhou a estrutura oferecida para a pesquisa científica que vai identificar por amostragem o percentual de moradores da Baixada Santista que já contraíram a covid-19.

Pela Associação Comercial de Santos (ACS), participaram o presidente Mauro Sammarco e o diretor do Núcleo Jovem, Guilherme Apparício, que trataram das adequações das atividades empresariais às regras de prevenção de contágio e às demandas sociais e mercadológicas decorrentes da pandemia.

Sobre evolução da tecnológica dos próximos anos, o diretor da AGE Desenvolvimento de Sistemas, Alexandre Ehrenberguer, abordou temas como a expansão do regime de home office (trabalho em casa) nas empresas e a possibilidade de consultas médicas à distância no caso de diagnósticos simples. “Nos últimos 45 dias assistimos a inovações, com criatividade e colaboracionismo. Precisamos manter permanentemente essa atitude”.

Na reunião, o setor do turismo foi representado por Elber Justo, diretor-presidente da MSC Brasil. Completando o grupo, o gerente regional do Sebrae-SP, Marco Aurélio Rosas, falou sobre a adaptação de pequenos e microempresários em função da quarentena e da busca por créditos no Banco do Povo.

A videoconferência contou também com a participação do público, que pôde enviar perguntas aos participantes.

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.