Conteúdo
Notícias

Representante da ONU apresenta dados de Santos para Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

Publicado: 21 de julho de 2021
15h 41
Atualizado: 22 de julho de 2021
10h 35

Dados de Santos sobre saúde, educação, vulnerabilidade social, trabalho e renda, trânsito e saneamento básico, entre outros, foram apresentados pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) nesta quarta-feira (21), em webinar organizado pela Prefeitura, com vistas ao cumprimento da Agenda 2020/30, dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), da Organização das Nações Unidas (ONU). O intuito é implementar políticas que visam alcançar os 17 objetivos e as 169 metas do ODS, em um trabalho conjunto envolvendo poder público, setor privado e sociedade civil nos três pilares do desenvolvimento sustentável: econômico, social e ambiental.

A explanação foi feita pela gerente de projetos da Área de Desenvolvimento Territorial do PNUD, Giane Boselli, a 53 conselheiros municipais e setoriais da Cidade, que participam de reuniões do projeto Diálogos Sustentáveis. “Para trabalhar os ODS precisamos ser visionários e inovadores. É um trabalho que exige muito planejamento, estudo e um olhar aos indicadores para avaliar a eficácia das ações municipais e orientar as políticas públicas. Os municípios precisam usar a Agenda 2020/30 como norte no contexto local”, afirmou Giane, ressaltando que os ODS são de responsabilidade de todos. “Eles são a gente, o nosso dia a dia. Devem estar dentro da nossa casa. É uma missão de todo mundo”.

Ela também explanou sobre os princípios da Agenda 2020/30 e os ODS. “São 17 ODS que precisam ser trabalhados de forma universal e integrada. Outro princípio é não deixar ninguém para trás. Não podemos deixar as periferias sem saneamento básico, por exemplo. A meta é sempre zerar”, completou

RANKING

Atualmente, Santos ocupa a 21° posição em meio a 770 municípios ranqueados no Índice de Desenvolvimento Sustentável das Cidades no Brasil. “Embora estejamos em uma boa posição, é nosso desafio melhorar cada vez mais, para que possamos reduzir esses indicadores e chegar a zero. Vamos monitorar as políticas junto com o controle social, para que tenhamos desenvolvimento sustentável”, disse o secretário de Governo (Segov), Flávio Jordão.  

PRÓXIMO DIÁLOGO

Promovido pelo Departamento de Articulação (Dearti), vinculado à Secretaria de Governo (Segov) da Prefeitura, o evento on-line foi preparatório para o próximo encontro do projeto Diálogo Sustentável, a ser realizado em agosto de forma presencial, respeitando os protocolos de segurança para prevenção à covid-19. A iniciativa está atrelada ao Observatório da Interface entre Ciência e Políticas Públicas para o Desenvolvimento Sustentável, lançado em junho em Santos.

“O intuito é trazer a sociedade civil para a formação dessa agenda conjunta. Esse encontro é subsidiário para o próximo, com os 29 conselhos, para formação dessa rede colaborativa. O objetivo é que tenhamos um ponto de convergência sobre qual Santos pretendemos ter em 2030 e de que forma vamos avançar em todas as metas. O desafio é trazer a sociedade civil para essa construção”, destacou Alessandra Franco, responsável pelo Dearti, ressaltando ainda que o Plano Plurianual (PPA) do Município está alinhado aos ODS.

 

 

Galeria de Imagens

pessoas reunidas em torno de mesa em formato de U. #paratodosverem