Conteúdo

Projeto vai capacitar mulheres de Santos para atuar como manicures e pedicures

17 de setembro de 2019
17h 08
mulher faz a unhas d eoutra, observada por professora #pracegover

Até o final de outubro, 25 mulheres terão encontro marcado no Fundo Social de Solidariedade. É o Projeto Mãos Feitas, curso gratuito de qualificação para manicures e pedicures que abordará temas como higiene pessoal, esterilização e manutenção dos equipamentos usados, custos e campos de atuação na profissão.

As alunas recebem uma nécessaire com alicate de corte e de unha, creme de mão, cortador, removedor de esmalte, amolecedor de cutículas, espátulas, lixas de pé e mão, algodão, óleo secante e palitos. Para a capacitadora do curso, Aline dos Santos da Silva, que trabalha na área há mais de 15 anos, a turma é promissora. “As meninas estão muito empolgadas. Já estão à vontade na primeira aula, trocando experiências”.

As lições do curso vão além do trabalho. “Ensinamos também algumas regras de etiqueta para tratar as clientes, além do cálculo ideal para chegar ao preço dos serviços que serão prestados por elas”, afirma.

A cabeleireira Adriana Teodósio, de 42 anos, conta que largou o emprego há 15 anos para entrar no ramo da beleza “Me demiti e fui fazer cabelo, mas a demanda para fazer unhas no salão é muito grande”. Quando viu o anúncio do curso, não hesitou em se inscrever. “Totalmente gratuito, é uma oportunidade única. Geralmente são muito caros, essa foi a chance de eu conseguir uma certificação na área”.

A iniciativa é apoiada pela Associação Paulista de Supermercados (Apas).

Fotos: Marcelo Martins

Galeria de Imagens

professora com papel na mão fala para alunas sentadas #pracegover