Conteúdo

Projeto oficina escola de santos recebe inscrições na próxima semana

29 de junho de 2004
0h 00

No período de 5 a 13 de julho estarão abertas as inscrições para a Oficina Escola de Santos. O objetivo do projeto é formar mão-de-obra capacitada para a construção civil com ênfase em restauração de imóveis históricos, além de promover a inclusão social de jovens. Ter entre 18 e 25 anos de idade, ser domiciliado em Santos e possuir escolaridade mínima concluída da 4ª série do Ensino Fundamental são os critérios para a inscrição dos candidatos no projeto Oficina Escola. Os jovens interessados em aprender técnicas de restauro aplicadas às atividades da construção civil devem comparecer à sede da Incubadora de Empresas de Santos (Rua do Comércio, 44, Centro Histórico) no período de 5 a 8 de julho, das 14 às 18 horas. Ou na antiga Estação Ferroviária Sorocabana (Avenida Ana Costa, 340, esquina com a Avenida Francisco Glicério, Gonzaga) nos dias 12 e 13 de julho, das 14 às 18 horas. É necessário levar original e xerox dos seguintes documentos: carteira de identidade (RG) ou certidão de nascimento, CPF, carteira de reservista, comprovante de residência e preencher uma ficha de inscrição disponibilizada nos locais. Uma equipe de técnicos coordenados pela Secretaria de Planejamento (Seplan) estará no local realizando entrevistas com os candidatos. A Oficina Escola, através de aulas gratuitas, práticas e teóricas, dentre outras ações, desenvolve a cidadania. O curso será iniciado em agosto e disponibiliza 30 vagas. No total, são três módulos subdivididos em eixos: patrimônio cultural e percepção ambiental; aspectos sociais, jurídicos e administrativos do trabalho, técnicas construtivas, plantas e plano de obra, propriedades físicas e químicas dos materiais de construção, organização do trabalho no canteiro de obras, marcenaria, carpintaria, alvenaria, pintura e acabamentos. PARCERIAS Coordenado pelas Secretarias de Planejamento (Seplan) e de Cultura (Secult) com o apoio das Secretarias de Ação Comunitária (Seac), de Educação (Seduc) e de Turismo (Setur), a Oficina Escola conta com a parceria da Universidade Católica de Santos (UniSantos), que contribuirá com a assessoria técnica para a criação de laboratórios específicos de restauração e disponibilização de professores para ministrar as aulas. O Senai, que também é parceiro do projeto, implementará a metodologia do ensino profissionalizante e emitirá os certificados do Curso. Já a Ordem Terceira do Carmo, localizada na Praça Barão do Rio Branco, no Centro, fará a parceria com a Prefeitura participando com a cessão de sua capela que é uma construção do século XVII – período colonial – sendo recuperada pelos jovens formados pela Oficina.

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.