Conteúdo

Primeiro evento do Santos Convention Center debate futuro do Porto

1 de dezembro de 2020
15h 58

Desestatização do Porto de Santos, inovação tecnológica e relação porto-cidade foram temas centrais do Seminário Porto & Mar 2020, realizado nesta terça-feira (1º), marcando a estreia do novo Santos Convention Center, na Ponta da Praia. 

Respeitando as medidas de prevenção à covid-19, o evento realizado pelo Grupo Tribuna reuniu lideranças empresariais, autoridades e especialistas para analisar temas do setor portuário e contou com a presença remota do secretário Nacional de Portos e Transportes Aquaviários, Diogo Piloni.

O conjunto de obras realizadas na Ponta da Praia em parceria com a iniciativa privada, que incluiu a própria construção do Santos Convention Center, foi destacado pelo prefeito Paulo Alexandre Barbosa na abertura do evento, quando ele fez referência à importância da desestatização do Porto. “Vemos o Porto progredindo, mas sabemos que são muitos desafios a serem superados para manter e ampliar seu patamar de desenvolvimento. Esse centro de convenções foi gestado em um modelo de negócio no qual o Município não colocou um centavo e fizemos a primeira grande concessão da história da Cidade com a maior empresa de eventos do mundo, a GL Events. Essa lógica também vai para o setor portuário, com boas parcerias para que a Cidade se desenvolva”.

Barbosa lembrou a conquista do Município com a cobrança de Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) de terminais portuários, o que contribuiu com investimentos nas áreas social, de educação e de saúde, e ainda com a viabilização de intervenções da Nova Entrada de Santos. Aproveitou para reiterar o pedido para que o Governo Federal avance com as obras de drenagem. “O Porto é a mola propulsora do desenvolvimento da economia de nossa região e do País. Que esse retorno possa acontecer em benefício do Município e para a própria competitividade de nosso Porto. É fundamental que ele cresça e que a Cidade cresça com ele”, disse.

O diretor-presidente da TV Tribuna, Roberto Clemente Santini, disse que o Grupo Tribuna está “honrado de estrear esse espaço que valorizou muito essa região” e que “cada vez mais estamos presentes na vida do Porto, patrimônio de Santos e do Brasil”.

DESESTATIZAÇÃO

No painel 'O futuro do Porto de Santos: desestatização e novos investimentos’, o secretário Nacional de Portos e Transportes Aquaviários, Diogo Piloni, afirmou que o processo de desestatização caminha em parceria com o BNDS. “Fizemos a contratação das consultorias especializadas para o desenvolvimento desse trabalho, para que possamos disponibilizar para consulta em audiência pública, em um processo aberto e com bastante discussão com a comunidade portuária”. De acordo com ele, a desestatização dos portos organizados visa superar amarras e restrições do modelo de gestão estatal. “É preciso melhoria de governança na gestão, estabilidade e regularidade na condução de um porto que, necessariamente, deve estar cercado de uma visão de longo prazo”, acrescentou.  

O seminário contou ainda com palestras sobre a nova relação porto-cidade na região e sobre inovação tecnológica no setor portuário. 

Galeria de Imagens

Palco de abertura do evento com autoridades. #Paratodosverem

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.