Conteúdo

Primeiro dia de mutirão de renegociação de dívidas supera expectativas em Santos

3 de julho de 2019
15h 16

Mais de 400 pessoas foram atendidas na manhã desta quarta-feira (3) - o primeiro dia do mutirão de renegociação de débitos, realizado no Resolve Aqui (Rua Amador Bueno, 249, Centro Histórico). A ação, organizada pelo Procon-Santos, segue até sexta (5), das 9h às 16h, com pesquisa gratuita no Serasa e SPC (Serviço de Proteção ao Crédito); atendimento dos bancos (Itaú, Crefisa, Santander e Bradesco) e das concessionárias de telefonia (Vivo, Claro, Tim, NET e Embratel) e de serviços públicos (CPFL e Sabesp).

Nas primeiras horas do mutirão, o destaque foi o interesse das pessoas em consultar sobre inadimplência, serviço disponibilizado pela Câmara de Dirigentes Lojistas. “Na consulta ao SPC e Serasa é verificado onde está o problema e a renegociação inicia imediatamente. Isso está sendo bastante positivo”, descreveu o coordenador do Procon-Santos, Rafael Quaresma.

VANTAGENS

Quem vai ao mutirão encontra um trabalho diferenciado oferecido pelos bancos e concessionárias, priorizando condições mais vantajosas como mais descontos, menos juros e mais prazo para pagamento. “Com a renegociação firmada e a dívida liquidada ou a primeira parcela dela quitada, a restrição do nome é eliminada na hora. Todos os bancos estão com acesso aos sistemas, podendo gerar boletos”, explica Quaresma.

A sensação de alívio por renegociar as dívidas foi sentida por Marco Aurélio Pereira, de 55 anos, que foi ao mutirão resolver as pendências com o banco Itaú e a operadora Claro. Da área de vigilância, ele atualmente exerce outras funções para não ficar sem renda alguma, mas a dificuldade em encontrar um emprego o levou para a inadimplência. “Agora poderei andar novamente de cabeça erguida. É ruim ficar com o nome sujo, até porque quando precisamos de alguma coisa não temos pra onde correr. Esta oportunidade é ótima e no mutirão consegui solucionar as dívidas”.

Mesma opinião de Rosemeire Luiz, de 55, desempregada há dois anos e com uma dívida no banco Santander. “Pesquisei minha situação no Serasa e SPC e fui ao Santander buscar a solução. O atendimento foi excelente, bem humanizado e a negociação foi da melhor forma para eu conseguir quitar a dívida. Tirei um peso das costas”.

SUPERENDIVIDADOS

O mutirão foi idealizado a partir dos trabalhos realizados pelo Programa de Atendimentos aos Superendividados (PAS), do Procon-Santos, que aponta mais de 1 mil atendimentos em dois anos. “E o endividamento de uma pessoa influencia vários outros membros da família. Todos sofrem a consequência. Com o mutirão, visamos resgatar autoestima do consumidor, reinseri-lo no mercado de consumo e permitir que a economia local seja também aquecida com o retorno destas pessoas”, explicou Quaresma .

As pessoas endividadas devem ir ao mutirão munidas de documentos pessoais. Recomenda-se também que levem faturas e contratos para agilizar a pesquisa dos cadastros. A ação é aberta para moradores de toda a Baixada Santista.

Galeria de Imagens

pessoas aguardando atendimento sentadas #pracegover

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.