Conteúdo

Presidência do cap passa a ser exercida por representante da prefeitura

11 de agosto de 2008
0h 00

O ministro da Secretaria Especial de Portos, Pedro Brito, anunciou nesta terça (11) a nomeação de representante da prefeitura de Santos para a presidência do CAP (Conselho da Autoridade Portuária), durante a 6ª edição do Santos Export 2008 – Fórum Nacional Para Expansão do Porto de Santos, realizada no Hotel Jequitimar, em Guarujá. A nomeação foi oficializada com a publicação da portaria 190 da Secretaria Especial de Portos, no Diário Oficial da União da última sexta-feira (8). O Fórum contou também com a participação do governador José Serra e de centenas de pessoas – entre especialistas, autoridades e representantes da administração municipal e de empresas ligadas à operação portuária. O objetivo do evento é propor discussões com especialistas no sistema portuário, visando novas soluções e melhor integração dos agentes envolvidos para debater a expansão do porto. A programação foi aberta, com a palestra ‘Plano de Aceleração do Desenvolvimento do Porto de Santos’, apresentada por representantes do Senado Federal. Neste painel, a conclusão das obras do Rodoanel, investimentos no ferroanel, obras na Perimetral e drenagem no Porto foram apontados como iniciativas capazes de impulsionar o desenvolvimento no setor portuário. Na seqüência, foi realizada a mesa-redonda Harmonização dos Agentes Públicos do Sistema Portuário, que contou com integrantes da administração municipal, Receita Federal, Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), Capitania dos Portos do Estado, e empresas do setor. Segurança e saúde no Porto estavam entre os assuntos em debate. O evento foi uma iniciativa do Sistema A Tribuna de Comunicação e teve apoio da prefeitura, Associação Comercial de Santos, Codesp, UniSantos e Associação das Empresas do Distrito Industrial e Portuário da Alemoa. CENTRO HISTÓRICO Após participar do Santos Export 2008, o governador do Estado, José Serra, veio a Santos e visitou empreendimentos importantes no processo de revitalização do Centro Histórico. O primeiro local de parada foram as obras do Poupatempo, que já estão em fase final. O equipamento será inaugurado neste semestre, empregará 300 trabalhadores e deve atender mais de 5 mil pessoas de toda a região por dia. Em seguida, Serra fez pausa para um cafezinho no Café Carioca, na Praça Mauá, e seguiu pela Rua de XV de Novembro, passando pela Bolsa Oficial de Café. Durante o trajeto na Rua do Comércio, o governador conheceu a Incubadora de Empresas e o Espaço Cultural Frontaria Azulejada, restaurado pela administração municipal em dezembro do ano passado. A visita terminou em frente à Estação do Valongo, onde ficam as ruínas dos antigos casarões, cedidos recentemente pelo Governo do Estado à prefeitura para instalação do Museu Pelé.