Seu navegador não possui suporte para JavaScript o que impede a página de funcionar de forma correta.
Mensagem do Periodo Eleitoral

Atenção

Em cumprimento ao Artigo 73 da Lei Eleitoral nº 9.504/97, as redes sociais e o portal da Prefeitura, a partir de 6 de julho até o final do processo eleitoral de 2024, publicarão apenas conteúdo de utilidade pública.

Conteúdo
Notícias

Prêmio ODS Boas Práticas na Educação segue com inscrições abertas na Baixada Santista. Veja como participar

Publicado: 4 de julho de 2024
14h 52

As inscrições para o Prêmio ODS Boas Práticas na Educação, que vai condecorar práticas de sustentabilidade ambiental implantadas nas unidades escolares da Região Metropolitana da Baixada Santista, seguem abertas. Desenvolvido pelos integrantes do Movimento ODS Santos 2030, o concurso contemplará, separadamente, escolas públicas e particulares nas categorias Educação Infantil, Ensino Fundamental I, Ensino Fundamental II e Ensino Médio, totalizando oito grupos.

A finalidade do prêmio é valorizar o protagonismo de estudantes, docentes e diretores, além de fortalecer e estimular a difusão dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) no dia a dia escolar dos nove municípios, de Peruíbe a Bertioga. Para facilitar a replicabilidade das ações, todos os projetos inscritos serão incluídos em um banco de boas práticas.

O concurso já ganhou a adesão de escolas estaduais, municipais e privadas. O professor da Diretoria de Ensino Região Santos, Wanderlei Minelli Junior, destaca que, além de fomentar a formação de cidadãos mais conscientes e responsáveis, a participação no prêmio tem o potencial de alavancar a visibilidade dos projetos e das escolas. “Pode abrir portas para novas parcerias com outras instituições, ONGs e empresas, resultando em apoio para a implementação e expansão dos projetos, gerando um efeito multiplicador e inspirando outras escolas e a sociedade”.

A diretora da Unidade Municipal de Educação Leonor Mendes de Barros (Gonzaga, Santos), Márcia Calçada, cuja escola é a primeira instituição de ensino no Estado certificada como Lixo Zero e a segunda em todo o Brasil a receber o título do Instituto Lixo Zero, entende que eventos como esse abrem espaço para adequações no ambiente escolar. “Permite sistematizar, monitorar e avaliar nossas ações, implementando melhorias e ouvindo toda a comunidade escolar, especialmente os estudantes, que são essenciais para a sustentabilidade. Por meio deles, atingimos as famílias e a comunidade do entorno da escola”.

UME Leonor Mendes de Barros é certificada como Lixo Zero - foto: Carlos Nogueira/arquivo

Para a mantenedora e diretora geral do Colégio Átrio, Tatiana Carvalho, a educação é o principal caminho para transformar a sociedade. A representante da instituição de ensino localizada na Aparecida também ressalta que o concurso não é uma competição, mas sim a oportunidade de compartilhar boas práticas em uma “corrente do bem”. “O que realmente importa é que muitas escolas se engajem com um objetivo em comum: melhorar a vida das pessoas e ajudar a construir um futuro mais sustentável. Se cada um fizer seu ‘pouquinho’, juntos fazemos muito. Gostaria de ver todas as escolas se movimentando para participar dessa ação”.

INSCRIÇÕES

As inscrições permanecerão abertas até 25 de agosto. Para participar, as escolas devem inscrever seu projeto, vinculado ao eixo ambiental, no formulário de inscrição.

Entre os parceiros para a realização do Prêmio ODS Boas Práticas na Educação estão o Diário do Litoral, Strong Business School/FGV, MS Content e EcoFábrica ZNO, todos signatários do Movimento ODS Santos 2030, coordenado pela Associação Comercial de Santos (ACS) em parceria com a Prefeitura de Santos.

REGULAMENTO

O regulamento prevê que todas as etapas do concurso, bem como a análise e validação da documentação enviada pelas escolas inscritas, caberão ao Diário do Litoral. Já a Comissão Técnica da Strong/FGV será responsável por avaliar as propostas e definir, em até 15 dias após o término das inscrições, os dez finalistas para cada uma das oito categorias.

Em seguida, o Diário do Litoral publicará, tanto na versão impressa do jornal quanto em seu portal de notícias, os projetos selecionados para a final. A divulgação dos finalistas acontecerá em 10 de setembro, e a premiação será no dia 25 do mesmo mês, data que marca o Dia Global dos ODS.

Os dez primeiros colocados em cada categoria receberão certificados, totalizando 80. Além disso, os vencedores receberão troféus confeccionados pela EcoFábrica da Zona Noroeste. A MS Content fornecerá todo o apoio logístico necessário para a realização do concurso.

Esta iniciativa contempla o item 17 dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU: Parcerias e Meios de Implantação. Conheça os outros artigos dos ODS.