Conteúdo

Prefeitura e Oswaldo Cruz assinam contrato de gestão do novo ambulatório de especialidades de Santos

3 de fevereiro de 2020
18h 36

Mais um importante passo foi dado pela Prefeitura de Santos para o início de operação do novo Ambulatório de Especialidades (Ambesp) de Santos, que funcionará em modernas instalações no bairro Macuco (Rua Manoel Tourinho, 395). Foi assinado nesta segunda-feira (3) o contrato de gestão compartilhada entre a Administração Municipal e a organização social Instituto Social Hospital Alemão Oswaldo Cruz, vencedora de chamamento público. A previsão é de que o equipamento inicie o atendimento ao público até o fim de março.

O instituto administra desde 2017 o Complexo Hospitalar dos Estivadores, equipamento da Prefeitura que realiza atendimento regional e é reconhecido pela excelência dos serviços prestados. “Promovemos uma ampla remodelação na rede municipal de saúde, com a criação do Complexo dos Estivadores e outros investimentos, e estamos conseguindo resultados positivos como a menor taxa de mortalidade infantil da história da Cidade, o que teve a participação importante do Oswaldo Cruz. Esta excelência do hospital queremos ver também no Ambesp”, ressaltou o prefeito Paulo Alexandre Barbosa, no ato realizado na Sala de Situação do Paço.

 

“O novo Ambesp vai ter um papel fundamental na melhoria da assistência especializada no nosso município e redução da espera para consultas, exames e procedimentos” , complementa o secretário municipal de Saúde, Fábio Ferraz. “Queremos colocar o Ambesp entre os melhores ambulatórios de especialidades do estado de São Paulo”, afirma a diretora presidente do Instituto Social Hospital Alemão Oswaldo Cruz, Ana Paula Pinho.

 

O contrato prevê valor de custeio anual de R$ 25.058.381,00 (R$ 2 milhões/mês). Um total de R$ 1,7 milhão, proveniente de recursos estaduais, também está sendo investido na equipagem do imóvel (ar condicionado, mobiliário etc.) e compra dos aparelhos e equipamentos especializados.

 

AMPLIAÇÃO

 

O novo Ambesp tem 4 mil m² e foi construído pela Fundação Lusíada. Será cedido em comodato ao Município por 30 anos, representando economia mensal aos cofres públicos de R$ 44 mil, valor pago pelo aluguel do atual imóvel da Av. Conselheiro Nébias, 199. Será totalmente climatizado, acessível, informatizado e monitorado.


A nova unidade terá horário ampliado e funcionará de segunda a sexta, das 8h às 20h, e aos sábados, das 8h às 14h – atualmente, funciona de segunda a sexta das 7h às 17h. O número de consultas médicas saltará de 88 mil/ano para 190 mil/ano (+ 114%) e as consultas de outros profissionais passarão de 4,3 mil/ano para 38,1 mil/ano (nove vezes maior). Também estão previstas até 600 biópsias, cinco mil cirurgias ambulatoriais e 96.300 exames de apoio e diagnóstico por ano, incluindo endoscopias, colonoscopias, procedimentos oftalmológicos entre outros.

 

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.