Conteúdo

Prefeitura de Santos e organizações sociais se unem pela educação ambiental

28 de agosto de 2019
15h 11

A Prefeitura de Santos convidou e as organizações sociais atenderam ao chamado para, juntas, elaborarem a política e o programa de educação ambiental que nortearão, entre outros assuntos, as atribuições de cada secretaria municipal, dentro de sua vocação, para tornar a Cidade cada vez mais sustentável.

O pontapé inicial para essa integração ocorreu nesta terça-feira (28), com o início do Fórum de Educação Ambiental nos Parques, no auditório do Aquário. A programação mensal segue até o fim de novembro, com encontros em cada um dos parques municipais (veja abaixo).

A elaboração do Programa de Educação Ambiental é um dos assuntos que mais recebem atenção da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e a expectativa é de que esteja pronto no ano que vem.

“Nosso objetivo é organizar as leis e marcos regulatórios já existentes em nível nacional com os nossos programas, de forma que estes se tornem permanentes como política pública do Município. Entendemos que somente com a participação da sociedade civil organizada e o comprometimento da administração conseguiremos superar algumas barreiras comportamentais como o descarte incorreto dos resíduos e o uso dos recursos naturais de forma indiscriminada”, destaca Marcos Libório, secretário municipal de Meio Ambiente.

Zysman Neiman, pesquisador e professor associado do Departamento de Ciências Ambientais da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), foi o responsável pela palestra de abertura. Ele destacou a importância da reunião de diversos agentes, não apenas para a construção dos documentos oficiais, mas também na conscientização em torno da sustentabilidade para uma sociedade que ainda hoje se baseia no consumo para a obtenção do progresso e da sensação de bem-estar. “O maior desafio da educação ambiental é tornar o conceito de sustentabilidade tão comum ao cidadão como o direito à justiça, à democracia e à liberdade. Ele tem que compreender que sustentabilidade se relaciona à qualidade de vida e é um direito pelo qual tem que lutar. As políticas municipais são fundamentais, porque é em nível local que podemos estabelecer as conexões necessárias para a compreensão desse conceito”, define Zysman.

Ana Carolina Fornicola, representante do projeto Mantas do Brasil, sabe bem como é o dia a dia de quem procura conscientizar a população. “Mostramos que alguns hábitos não são os mais corretos para permanecermos no futuro, mas a mudança ainda é uma grande barreira e exige sensibilização. Atuamos muito com crianças e jovens que se mostram mais abertos e são multiplicadores desses conceitos”.

Galeria de Imagens

especialista fala para auditório lotado #pracegover
especialista aponta para telão onde há globo azul #pracegover

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.