Conteúdo

Prefeitura aprova projeto para hospedaria dos imigrantes

18 de julho de 2000
0h 00

Até o final do ano, Santos terá mais uma grande obra sendo construída e que deverá gerar cerca de 2 mil empregos diretos e indiretos. O projeto arquitetônico do Centro de Convenções de Santos "Hospedaria dos Imigrantes", que será erguido no antigo prédio da Hospedaria, na Rua Silva Jardim, foi aprovado, ontem (18), em ato que contou com a presença de toda a diretoria do Sindicato do Comércio Varejista da Baixada Santista, responsável pela construção do empreendimento. Ainda hoje (19) deverá ser liberado o alvará que permite a construção do centro. As obras avaliadas em R$ 10 milhões 700 mil devem ter início entre os meses de novembro e dezembro, com um prazo para sua execução de 20 meses. A aprovação do projeto, que já tinha sido liberado pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Cultural de Santos (Condepasa), só não ocorreu antes pelo fato de a entidade sindical ter alterado os planos iniciais, retirando a garagem que seria construída no subsolo, passando o estacionamento para um terreno cedido pela Codesp. "Essa alteração, além de baratear o custo da obra e diminuir o tempo de construção, criou um número maior de vagas que serão cerca de 5 mil", afirmou o presidente do sindicato, Alberto Werbeman, destacando que o Centro de Convenções será o único no mundo integralmente climatizado com sistema inteligente, como também terá um espaço para a implantação de um museu e toda uma ambientação, valorizando o papel do imigrante na formação histórica da Cidade. NOVOS EMPREGOS Segundo o vice-presidente da entidade, José Kauffmann Neto, com a aprovação das plantas um novo processo se inicia: o de captação de recursos para a construção da obra que será viabilizada de diferentes formas. "É um projeto importante para a Cidade, de nível internacional e beneficiará toda a Cidade, gerando no primeiro momento cerca de 2 mil empregos de forma direta e indireta", ressaltou o dirigente sindical, salientando que o empreendimento do sindicato terá caraterísticas diferentes do Centro de Convenções que está sendo construído no antigo terreno da Fepasa, na Av. Ana Costa, uma vez que o da Hospedaria é voltado para o segmento de congressos e convenções e o outro será mais para exposições, palestras, cursos e convenções. O centro será erguido em uma área de 21.500 metros quadrados e terá um salão de 3.500 metros quadrados, auditórios com capacidade para mil espectadores, ou outro menor para 400, um teatro para mil pessoas, além de cafés e restaurantes, além de poder abrigar eventos simultâneos com até 2 mil pessoas.

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.