Conteúdo

Poupatempo vai à Zona Noroeste para atender vítimas de incêndio

17 de junho de 2015
14h 26

Vinte e seis moradores da Vila Telma, que perderam os documentos no incêndio da última semana, foram atendidos até às 15 horas desta quarta-feira (17) por equipe do Poupatempo, no serviço de emergência montado pela Prefeitura no Centro da Juventude (Cejuv) da Zona Noroeste.

Esse serviço continua nesta quinta-feira (18) no Cejuv, das 9 às 16h, e, por ser específico para as vítimas do incêndio, a emissão dos documentos e das fotos não é cobrada. A Secretaria de Assistência Social (Seas) telefonou para todas as pessoas cadastradas, avisando sobre a emissão gratuita da documentação no local.

Segundo a administradora do Poupatempo, Valéria Guimarães, a segunda via do RG fica pronta, em média, em 10 dias, enquanto o CPF e a Carteira de Trabalho são fornecidos no mesmo dia.

Cestas e roupas

Já o Centro Comunitário São José continua entregando cestas básicas, colchões, cobertores, agasalhos e roupas de cama. Todo material foi repassado pelo Fundo Social de Solidariedade, que continua recebendo doações em sua sede: Avenida Conselheiro Nébias, 388.

Apoio

Luciano Silva do Carmo Junior, 19 anos, ajudante de calceteiro, perdeu todos os documentos e começava a recuperar alguns. “Não ter de ir no Centro para retirar o CPF, RG e a Carteira de Trabalho ajudou muito, porque não precisei faltar no trabalho. Fiquei só um tempo fora”. Ele já retirou a cesta básica e voltará ao centro comunitário para ver se chegou a roupa do seu número.

Rinalda Átila de Paula, 49 anos, do lar, retirou colchão, cobertor e alimentos e começou a refazer os documentos dela e da filha. “O pessoal está sendo atencioso, paciente, tem ajudado. É muito difícil você perder tudo de uma hora para outra”.

Cristina Conceição Bispo Santos, desempregada, 40 anos, disse que, se o Poupatempo não tivesse ido até o Centro da Juventude, não teria dinheiro para ir de ônibus ao Centro fazer o CPF, RG e a carteira de trabalho. “Lá em casa nós somos em cinco, a Prefeitura já forneceu cesta básica, colchão, cobertor e roupa, mas temos de reconstruir nossas vidas”.

Foto: Ronaldo Andrade

 

Feedback

Ajude-nos a tornar o Santos Portal melhor. Deixe um comentário, dúvida ou sugestão.