Conteúdo
Notícias

Policlínica da Zona Noroeste de Santos inaugura sala para atividades coletivas

Publicado: 10 de dezembro de 2020 - 13h55

A partir desta quinta-feira (10), os moradores do bairro São Manoel têm um novo espaço para a realização de atividades coletivas e de promoção da saúde: foi inaugurada uma sala no terreno da policlínica do bairro, totalmente climatizada.

O local abrigará grupos do Programa de Atenção Intensiva ao Tabagista, Gestantes, Hiperdia e Movimente-se com a Música e a Dança tão logo sejam retomados na rede municipal de saúde. Em virtude da pandemia de covid-19, os encontros foram suspensos em março. Parte desses grupos se reunia na sede da Sociedade de Melhoramentos do bairro e, quando voltarem, já contarão com esse novo espaço.

“É uma ampla sala de convivência, com sanitários, climatizada e que será muito importante para as atividades da policlínica e também para os eventos capitaneados pelo Conselho Municipal de Saúde”, declarou o secretário municipal de Saúde, Fábio Ferraz.

“Fortaleceremos nossos laços com a comunidade, que precisa de um local de interação. Esperamos utilizá-lo bastante a partir do próximo ano”, afirma Sandra Regina Rechberger, chefe administrativa da Policlínica São Manoel.

“Moramos em um bairro mais afastado, com poucas opções de distração, e esse espaço será maravilhoso quando as atividades voltarem. Conheço várias pessoas que faziam parte do Movimente-se e sentem muita falta do grupo”, lembra a dona de casa Fabiana Silva Moraes.

A sala de atividades foi erguida com verba de emenda parlamentar dos vereadores Roberto Teixeira (R$ 89.047,98 – construção) e Benedito Furtado (R$30 mil – aquisição de aparelhos de ar-condicionado).

 

Testes rápidos de hepatite C

A abertura da sala foi marcada pela aplicação de testes rápidos de hepatite C a qualquer interessado, oferecida pelo Rotary Club Santos Gonzaga.

A hepatite C é uma doença de início silencioso, mas que pode levar à falência do fígado em casos graves. Quanto mais precoce for descoberta, melhores as perspectivas do tratamento.

“Essa ação faz parte do projeto Hepatite Zero, liderado pela Associação Brasileira dos Portadores de Hepatites, que intermediou o recebimento de 1.600 testes pelo Rotary Club Santos Gonzaga, vindos do Ministério da Saúde. Desde 22 de setembro, estamos realizando a testagem em diversos públicos”, explica Cleber Leo Bortolomasi, presidente motivador do clube.

Fotos: Isabela Carrari 

Galeria de Imagens

mão é testada para hepatite c #paratodosverem
mulher faz exame de hepatite c #paratodosverem
mulher se aproxima de mesa onde ocorrem testagem #paratodosverem
pessoas sentadas no meio da sala #paratodosverem